ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 21º

Interior

Filha vai à polícia denunciar padrasto por manter mãe em cárcere

Mulher estava impedida de sair de casa desde o dia 28 de julho; caso ocorreu em Água Clara

Por Kerolyn Araújo | 04/08/2020 08:09
O suspeito foi encontrado na casa da mãe e levado para a delegacia onde prestou depoimento.(Foto: Água Clara MS)
O suspeito foi encontrado na casa da mãe e levado para a delegacia onde prestou depoimento.(Foto: Água Clara MS)


Mulher, de 43 anos, foi agredida e impedida de sair de casa após se recusar a manter relação sexual com o marido. O caso ocorreu em Água Clara, cidade distante a 198 quilômetros de Campo Grande.

A filha da vítima procurou a Polícia Militar na segunda-feira (3) e relatou que a mãe estava sendo vítima de violência doméstica e mantida em cárcere pelo marido. Os militares foram ao local e encontraram a mulher.

À polícia, ela contou que no dia 28 de julho se negou a manter relação sexual com o marido e foi agredida por ele. Ele também ameaçou matar ela e os filhos caso saísse de casa.

O suspeito foi encontrado na casa da mãe e levado para a delegacia onde prestou depoimento. Ele responderá por lesão corporal e ameaça.