ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 13º

Interior

Flagrados ateando fogo para “limpar” terrenos são multados em R$ 10 mil

Situações aconteceram em pontos diferentes de Corumbá; cada um dos moradores terá de pagar R$ 5 mil

Por Liniker Ribeiro | 10/06/2021 16:36
Equipe da PMA em uma das ocorrências de incêndios provocados por moradores (Foto: Divulgação/PMA)
Equipe da PMA em uma das ocorrências de incêndios provocados por moradores (Foto: Divulgação/PMA)

Duas pessoas foram autuadas e multadas em R$ 10 mil, nesta quinta-feira (10), após policiais militares ambientais flagrarem incêndios em diferentes pontos da cidade de Corumbá, a 419 quilômetros da Capital. Em ambos os casos, moradores são suspeitos de provocar fogo para queimar resíduos.

Em um dos casos, dono de sítio a cerca de 20 quilômetros da cidade, no Assentamento Tamarineiro II, foi flagrado queimando parte da vegetação como forma de “limpar” o local. Além de não possuir autorização, o homem, de acordo com a PMA, não mediu as consequências que poderiam provocar a perda de controle das chamas.

Foi controlar o fogo e, após extinção, o morador foi autuado e multado em R$ 5 mil.

Incêndio em sítio a 20 km da área urbana de Corumbá (Foto: Divulgação/PMA)
Incêndio em sítio a 20 km da área urbana de Corumbá (Foto: Divulgação/PMA)

O outro flagrante aconteceu na área urbana. Após denúncias, equipe da PMA se deslocou até residência do Bairro Guatós, onde identificaram grande quantidade de fumaça e localizaram incêndio em terreno baldio.

Conforme denunciantes, a dona do espaço havia limpado o local e ateado fogo nos resíduos. A reclamação da vizinhança foi confirmada. Após controlar as chamas, a mulher também foi autuada administrativamente e multada em R$ 5 mil.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário