ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SÁBADO  04    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Foragido condenado por latrocínio é encontrado escondido em fazenda

Jakes Alves Pereira, de 30 anos, cumpria pena desde 2013, mas em setembro fugiu da Gameleira

Por Adriano Fernandes | 19/10/2021 20:10
Viaturas da Polícia Civil usadas na busca pelo foragido. (Foto: Polícia Civil)
Viaturas da Polícia Civil usadas na busca pelo foragido. (Foto: Polícia Civil)

Foragido pelo crime de latrocínio, Jakes Alves Pereira, de 30 anos, foi capturado na manhã desta terça-feira (19) em uma fazenda na zona rural de Ribas do Rio Pardo, a cerca de 143 quilômetros de Campo Grande. Jakes cumpria pena pelo crime desde 2013, quando foi condenado a cerca de 20 de prisão pelo crime, mas fugiu da Gameleira em setembro.

Conforme consta no processo criminal, no dia 6 de novembro de 2011, Jakes, jutamente com Charles Faria de Andrade e um terceiro acusado, assassinaram o agricultor Edvaldo Paniago França, de 33 anos, na estrada da Serra da Alegria, na entrada do Pantanal, em Rio Verde do Mato Grosso.

Na ocasião, o trio se escondeu próximo a um “mataburro” no aguardo de uma vítima. Assim que um motociclista reduziu a velocidade, os homens  bateram no guidão da moto e renderam a vítima, anunciando o assalto.

Edvaldo suplicou para que os assaltantes levassem apenas a sua motocicleta, porém, com requintes de crueldade, eles a amarraram, mandaram que ele se deitasse no meio do mato e passaram atingiram a cabeça do agricultor com um pedaço de pau e com uma garrafa térmica. Na sequência, os criminosos fugiram para para Ribas do Rio Pardo com a motocicleta roubada.

De preto, delegado Bruno Santacatharina juntos aos outros dois policiais que atuaram na prisão do foragido. (Foto: Polícia Civil)
De preto, delegado Bruno Santacatharina juntos aos outros dois policiais que atuaram na prisão do foragido. (Foto: Polícia Civil)

Na época, todos os envolvidos foram descobertos pela Polícia Civil e presos. Eles foram condenados a mais de 20 anos de prisão em regime inicial fechado e desde 2013, os sentenciados vêm cumprindo pena.

Entretanto, recentemente, Jakes obteve a progressão ao regime semiaberto e, com isso, foi contemplado com o benefício da saída temporária, a “saidinha”. Em setembro, ele saiu do presídio da Gameleira na Capital para visitar a família, sendo que deveria retornar ao estabelecimento prisional após o término do final de semana, o que não ocorreu.

Desde então Jakes estava foragido, mas acabou sendo localizado pela equipe do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo. O condenado estava escondido em uma fazenda na zona rural do município, distante a mais de 40 quilômetros do Centro da cidade.

Os policiais civis então foram até a fazenda e, já na sede, cercaram a casa que servia de esconderijo ao homem procurado. Na sequência, Jakes foi contido e encaminhado para a delegacia da cidade. A Polícia Civil ainda aguarda um parecer sobre a transferência do acusado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário