A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

26/10/2016 16:11

Furto em joalheria dura dois minutos e causa prejuízo de R$ 100 mil

Fernanda Yafusso
Joias e cofre foram levados de comércio durante a madrugada (Foto: Sidrolândia News)Joias e cofre foram levados de comércio durante a madrugada (Foto: Sidrolândia News)
À esquerda, câmeras de segurança registram mulher perguntando se joias eram de ouro e ao lado, ação dos bandidos durante o roubo (Foto: Sidrolândia News)À esquerda, câmeras de segurança registram mulher perguntando se joias eram de ouro e ao lado, ação dos bandidos durante o roubo (Foto: Sidrolândia News)

Durante rápida ação na madrugada desta quarta-feira (26), uma quadrilha furtou o cofre e as joias que estavam na vitrine de uma joalheria em Sidrolândia, município distante 71 km de Campo Grande. Toda a ação dos bandidos, que teria causado prejuízo da ordem de R$ 100 mil, foi registrada pelas câmeras de segurança no local e durou dois minutos.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a quadrilha seria composta por três homens e uma mulher. Consta no registro que a mulher esteve no período da tarde perguntando se as joias eram de ouro. Em seguida, ela foi embora sem comprar nada.

Nas imagens da câmera de segurança é possível ver uma mulher e um homem arrombando a porta da loja e levando as joias que estavam em um balcão. Pelas informações registradas no boletim, os produtos estão avaliados em R$ 15 mil.

De acordo com o proprietário da loja, a empresa de monitoramento informou que o estabelecimento havia sido arrombado e que, quando os seguranças foram até lá, constataram um veículo Celta prata saindo com o porta-malas aberto e em alta velocidade.

Houve perseguição até a BR-060, onde o veículo acabou sendo abandonado pela quadrilha com a chave no contato, em uma plantação de eucalipto, sendo posteriormente encontrado pela Polícia Militar. Dentro do carro havia várias joias, dois celulares, um controle de ar condicionado, fios e três casacos.

Durante as investigações, a polícia foi até o endereço do suposto dono do veículo e ele relatou que emprestou o carro há dois dias para um homem. Em seguida, um motorista de ônibus foi até a delegacia e informou à guarnição que havia avistando um cofre jogado no meio de um assentamento na região. O homem levou os policiais até o local, porém o cofre não foi encontrado.

De acordo com informações do site Sidrolândia News, esse foi o terceiro arrombamento em menos de 1 ano. Segundo o site, os proprietários avaliam um prejuízo de R$ 100 mil, só dessa vez. Além disso, segundo o site, dentro do cofre roubado havia R$ 60 mil em ouro e muita peças de joias.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions