A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

28/07/2017 12:31

Gasolina fica 5% mais cara em um mês e passa dos R$ 4, mostra Procon

Helio de Freitas, de Dourados
Preço dos combustíveis disparou após alta dos impostos (Foto: Helio de Freitas)Preço dos combustíveis disparou após alta dos impostos (Foto: Helio de Freitas)

O preço do litro da gasolina subiu 5,34% em relação a junho em Dourados e o produto aditivado já passa dos R$ 4, mostra a pesquisa mensal do Procon, divulgada nesta sexta-feira (28). Após a alta dos impostos determinada pelo governo federal, o valor médio do combustível voltou aos R$ 3,80.

O menor preço da gasolina comum encontrado na pesquisa – feita nos dias 25 e 26 em 36 postos da cidade e dos distritos – foi de R$ 3,59. A gasolina aditivada mais barata custa R$ 3,759. O menor preço do etanol é de R$ 2,75, do diesel comum R$ 3,19 e do diesel S10, R$ 3,29.

A diferença entre o menor e o maior preço da gasolina comum (R$ 3,999) é de 11,4%. Na gasolina aditivada, a diferença entre o menor preço (R$ 3,759) e o maior (R$ 4,099) é de 9,04%. No etanol, a diferença entre o menor (R$ 2,750) e o maior preço (R$ 3,299) é de 19,96%.

Já no diesel comum, a diferença entre o menor preço (R$ 3,19) e o maior (R$ 3,790) é de 18,81%. No diesel S10, a diferença entre o menor (R$ 3,29) e o maior preço (R$ R$ 3,89) é de 18,24%.

O preço médio da gasolina comum foi de R$ 3,847. Da gasolina aditivada foi de R$ 3,924, etanol R$ 3,034, diesel comum R$ 3,455 e no diesel S10, R$ 3,581.

Na pesquisa feita no dia 7 e junho, o preço médio da gasolina comum foi de R$ 3,652. O etanol custava R$ 3,018 no mês passado. Em comparação à pesquisa desta semana, a alta foi de 0,53%.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions