ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 

Interior

Gritando por ajuda, mulher é socorrida depois de ser espancada por ex-marido

Homem invadiu apartamento, quebrou móveis, eletrodomésticos e agrediu vítima com socos e chutes

Por Ana Oshiro | 16/06/2021 09:51
Caso foi registrado pela Delegacia de Atendimento à Mulher de Ponta Porã (Foto: Reprodução)
Caso foi registrado pela Delegacia de Atendimento à Mulher de Ponta Porã (Foto: Reprodução)

Homem, de 36 anos, foi preso em flagrante depois de invadir o apartamento da ex-mulher, de 33 anos, quebrar móveis, eletrodomésticos e espancá-la com socos e chutes, nesta terça-feira (15). A vítima foi encontrada ensanguentada, e com vários ferimentos pelo corpo, deitada próxima à entrada do apartamento, que fica no centro de Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande.

Os vizinhos chamaram a Polícia Militar depois de ouvirem a mulher gritando por socorro, os policiais foram ao local e, antes mesmo de entrarem no prédio, ouviram os pedidos de ajuda da vítima. A equipe ainda viu o autor das agressões na sacada do apartamento e pediu para ele não sair do cômodo, mas o homem tentou fugir. Ao entrarem no apartamento, os policiais conseguiram deter o agressor.

Com ferimentos e sangue na boca, além de reclamar de dores no tórax e rins, a vítima foi socorrida pela equipe e levada para o hospital da cidade por uma amiga. O apartamento estava revirado, com mesa, guarda-roupas, geladeira, microondas e outros móveis quebrados.

No hospital, a mulher contou que ela e o ex viveram um relacionamento de quatro anos, mas que nos últimos meses eles estavam separados e o homem já estava com outra namorada, mas mesmo assim sempre aparecia no apartamento e passava alguns dias. Na manhã desta terça-feira ele estava na casa da vítima e recebeu mensagens da nova companheira, a dona do apartamento pediu então para ele ir embora do local.

Horas depois, a mulher foi à um posto de combustível, e acabou encontrando com o ex-marido. Ele pegou o celular da vítima à força, disse que daria um fim no aparelho e foi embora. Ao chegar em casa, a mulher encontrou o ex-marido dentro do apartamento e eles começaram a discutir.

O homem começou a quebrar os móveis da casa, assustada, a mulher tentou impedir, mas recebeu um golpe mata-leão, caiu no chão e começou a ser agredida com socos e chutes. Depois de espancar a vítima, o homem foi para o quarto e deitou na cama. A mulher se levantou, pediu que ele devolvesse o celular e fosse embora da casa dela, mas o homem recusou a devolução do aparelho e deu um chute no peito da ex-companheira quando ela tentou pegou o celular de volta.

Com muitas dores e caída no chão, a vítima se arrastou pelo chão do apartamento e conseguiu chegar à porta de entrada, onde ficou deitada pedindo socorro. Depois da prisão em flagrante, a mulher solicitou medida protetiva de urgência contra o ex-marido e representação criminal. Na delegacia, o homem entregou o celular da vítima para o advogado, que repassou o aparelho para a polícia.

O caso está sendo investigado pela DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Ponta Porã, e o homem vai responder por lesão corporal dolosa, furto e dano, todos com agravante de violência doméstica.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário