A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Novembro de 2017

11/11/2014 08:37

Homem que matou mulher na frente da filha se entrega, mas fica solto

Viviane Oliveira

O pedreiro Vanderson Rocha Teixeira, 26 anos, acusado de matar a esposa com 11 facadas na última quarta-feira (5), na Rua Marechal Rondon, na Vila Industrial, em Dourados, se apresentou ontem (10), em uma delegacia da Polícia Civil de Cascavel, no Paraná. A vítima, Lindinês Caroline Benites de Medeiros foi atacada próximo ao berço da filha de um ano.

De acordo com o site Dourados Agora, Vanderson, que confessou o crime, foi ouvido e liberado pelo delegado, pois o flagrante já havia passado e não tinha mandado de prisão expedido contra o pedreiro. A delegacia da Mulher de Dourados foi comunicada e pedirá para que o acusado preste depoimento oficialmente.

O crime - Depois de matar a mulher, Vanderson ligou para o patrão, um ex-policial, e confessou o assassinato. Ele disse que tinha matado a esposa e pediu para que o patrão fosse buscar a filha que estava no berço. A vítima foi atingida com 11 golpes, seis deles no pescoço e o restante nas costas, rosto, peito e braços, segundo a perícia. O crime aconteceu ao lado do berço que estava junto à cama do casal.

A família morava em uma edícula ao fundo da casa da mãe de Lindinês. Segundo parentes, o crime aconteceu durante uma briga por causa de ciúmes que o marido sentia da esposa. Vizinhos confirmaram que o pedreiro sempre discutia com a esposa porque não gostava que ela fosse à escolaA faca utilizada no crime foi encontrada na pia do banheiro. A casa estava com vários rastros de sangue. A criança foi entregue para a família da vítima.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions