A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Setembro de 2017

29/08/2017 18:06

Justiça manda afastar ex-diretor do presídio semiaberto de Dourados

Rafael Ribeiro

A 2ª Vara Cível de Dourados (a 233 km de Campo Grande) concedeu liminar nesta terça-feira (29) em que atende pedido do Ministério Público Estadual para afastar do quadro de funcionários da Agepen (Agência Estadual da Administração Penitenciária) o ex-diretor do Estabelecimento Penal Masculino de Regime Semiaberto local, Rogélio Vasques Vieira, atualmente preso.

A medida ainda é em decorrência da “Operação Apanágio”, deflagrada em maio de 2017, pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), que investiga irregularidades como desvio do dinheiro da alimentação de presos e até liberação ilegal de detidos e venda de privilégios no cárcere.

A juíza de direito Larissa Ditzel Cordeiro Amaral, também decretou a indisponibilidade de todos os bens e valores pertencentes não só a Vieira, mas a outros três investigadores e duas empresas suspeitas de participação. Juntas, as quantias bloqueadas chegam a mais de R$ 5 milhões.

No total, cinco pessoas são investigados e suspeitas de crimes como atos de improbidade administrativa, ao praticar os crimes de peculato, corrupção passiva, prevaricação, falsidade ideológica e outros.


Conforme consta nos autos, Vieira, em esquema associativo com seus familiares e através de empresas, praticou atos de improbidade administrativa que importaram lesão ao erário, enriquecimento ilícito e violação aos princípios da administração.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions