ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 34º

Interior

Mãe mexe em celular e descobre que filha era estuprada por padrasto

O caso foi registrado na última terça-feira (24) na Dam (Delegacia de Atendimento à Mulher de Paranaíba)

Por Viviane Oliveira | 26/10/2017 11:01

Dona de casa de 28 anos procurou a Polícia Civil após descobrir que a filha de 12 anos era estuprada pelo padrasto, 28 anos, em Paranaíba, distante 422 quilômetros de Campo Grande.

O caso foi registrado na última terça-feira (24) na Dam (Delegacia de Atendimento à Mulher de Paranaíba). Por enquanto, o auxiliar de serviços gerais ainda não foi preso.

Conforme a Polícia Civil, a mãe descobriu o crime após mexer no celular da filha. No aparelho, foram encontradas várias mensagens de cunho sexual, chantagem e ameaça que o suspeito fazia para que a enteada não contasse nada a ninguém.

Segundo depoimento da mulher à polícia, a filha vinha sendo abusada há três anos e que ultimamente o crime acontecia com frequência. O aparelho celular da menina foi apreendido. Ao ser descoberto, houve discussão entre a mãe da vítima e o marido.

Ele negou o crime, mas na sequência fugiu de casa. O caso foi registrado como estupro de vulnerável e segue sendo investigado pela polícia do município.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário