ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 12º

Interior

Mais um suspeito morre em confronto com a polícia nesta quinta no interior

Suspeita é de que autor teria participado do furto da caminhonete da Iagro em Nova Andradina

Por Mirian Machado e Helio de Freitas | 11/02/2021 13:05
Homem foi morto em confronto após invadir residência em Fátima do Sul (Ribero júnior/Siliga news)
Homem foi morto em confronto após invadir residência em Fátima do Sul (Ribero júnior/Siliga news)

Mais um morreu em confronto com a polícia nesta quinta-feira (11) em Fátima do Sul, cidade há, 246 km de Campo Grande. A segunda morte ocorreu após a vítima, ainda não identificada, invadir uma residência, cerca de 200 metros de onde ocorreu a Operação Malleus do Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) contra membros do PCC que praticam “tribunais do crime” e que resultou na morte de outro homem em confronto com o Batalhão de Choque.

Conforme apurado, no segundo caso, uma equipe da Força Tática teria sido acionada após denuncia de que um homem teria invadido uma residência. Policiais se deslocaram até o local, isolaram a área e realizaram buscas.

Caminhonete furtada foi recuperada por policiais do Departamento de Operação de Fronteira em Dourados (Foto: divulgação / DOF) 
Caminhonete furtada foi recuperada por policiais do Departamento de Operação de Fronteira em Dourados (Foto: divulgação / DOF)

Em uma casa de madeira que fica nos fundos da residência onde o homem teria invadido, o suspeito armado disparou contra os policiais que revidaram a ação atingindo o autor.

Ele foi socorrido e encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A suspeita é de que o homem teria participado do furto de uma caminhonete da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) em Nova Andradina. O veículo foi recuperado por policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) no fim de dezembro em Dourados e dois homens, de 21 e 38 anos, foram presos na ocasião.

A reportagem apurou que na primeira morte anunciada nesta manhã, o homem resistiu à abordagem feita pelo Batalhão de Choque, que trabalha em apoio à Operação Malleus. O alvo estava em local próximo ao Cemitério Municipal, tentou fugir, foi ferido, chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital de Fátima do Sul. Segundo o Gaeco e o Choque, o homem era integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital), facção criminosa que age dentro e fora dos presídios.

Viaturas em local onde houve confronto com Batalhão de Choque durante Operação (Foto: Batalhão de Choque/Divulgação)
Viaturas em local onde houve confronto com Batalhão de Choque durante Operação (Foto: Batalhão de Choque/Divulgação)


Nos siga no Google Notícias