A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 26 de Setembro de 2017

03/11/2016 09:20

Ministério Público discute crime organizado na fronteira com Paraguai

Encontro começa hoje à noite com palestra de promotor paulista e continua amanhã com presença de autoridades paraguaias

Helio de Freitas, de Dourados
Crime organizado domina dois lados da fronteira (Foto: ABC Color)Crime organizado domina dois lados da fronteira (Foto: ABC Color)

Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande, no epicentro da guerra entre narcotraficantes que dominam a fronteira com o Paraguai, foi escolhida para sediar o encontro do Ministério Público de Mato Grosso do Sul para discutir estratégias de combate ao crime organizado. O “MP Fronteira” começa na noite de hoje (3) e segue durante todo o dia amanhã, no centro de convenções da cidade.

A região enfrenta uma guerra de narcotraficantes, intensificada após a execução, em junho deste ano, do chefão do crime organizado Jorge Rafaat Toumani.

Segundo policiais dos dois lados da fronteira, a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) assumiu o controle do tráfico de drogas e armas, com apoio de outro barão do crime, o brasileiro Jarvis Gimenes Pavão, que está preso em Assunção, capital paraguaia.

“A troca de experiência com os órgãos de segurança é de grande importância para desenvolvermos questões que têm a ver com o crime organizado”, afirmou o promotor de Justiça e assessor do Núcleo Criminal do MP, Fábio Ianni Goldfinger.

“Essa é a oportunidade também de efetivar e concretizar as propostas que já encaminhamos ao procurador-geral de Justiça, Paulo Cezar dos Passos”, completa.

Promotor de SP – Conforme a assessoria do Ministério Público, hoje será criado o Grupo de Trabalho da Fronteira e tem a palestra “O papel do Ministério Público no combate às organizações criminosas na fronteira” com o promotor de Justiça de São Paulo Flávio Okamoto, marcada para às 19h30.

Amanhã, os trabalhos começam às 8h com a palestra do Juiz do Paraguai Santiago Nuñes, que vai falar sobre “Os instrumentos processuais de combate ao crime organizado no Paraguai e os meios de compartilhamento de prova”.

Em seguida, o major Plácido Garcia Travassos dos Santos da 4ª Brigada da Cavalaria Mecanizada do Exército, vai falar sobre “O Sisfron no combate ao crime organizado”.

O procurador da República em Ponta Porã Ricardo Pael Ardenghi vai falar amanhã às 10h sobre “A integração interinstitucional na fronteira”.

No período da tarde tem palestra sobre o crime organizado com o delegado João Alves, da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira). Depois acontece a reunião do grupo de trabalho e às 18h de sexta o evento será encerrado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions