A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

09/01/2018 16:23

Motoristas bolivianos fecham fronteira com MS em protesto contra governo

Além do Brasil, também foram bloqueadas as fronteiras com Peru, Chile e Argentina

Guilherme Henri
Fronteira Brasil/Bolívia amanheceu fechada (Foto: Capital do Pantanal)Fronteira Brasil/Bolívia amanheceu fechada (Foto: Capital do Pantanal)

A fronteira entre Corumbá e Bolívia está fechada desde às 0h desta terça-feira (9) devido a um protesto de trabalhadores bolivianos do setor de transporte. Veículos estão impedidos de seguir ou sair da cidade de Puerto Quijarro e os manifestantes permitem o acesso apenas de pedestres.

Conforme o jornal Diário Corumbaense, o presidente da Associação de Transporte Pesado de Arroyo Concepción (distrito fronteiriço de Puerto Quijarro), Angél Saavedra, revelou que o objetivo é o de pressionar o Governo de Evo Morales para revogar artigos incluídos na Lei 1005 - Código de Sistema Penal, que preveem a penalização de médicos e funcionários do setor por práticas negligentes e aumenta as sanções por homicídio culposo durante condução de veículo, além de prever o ressarcimento de danos e outras providências.

“Estamos apoiando a medida nacional do setor de transporte, porém não é um problema apenas dos motoristas de transporte pesado, mas de todos os bolivianos para que se revoguem uma lei do código penal”, afirmou.

O bloqueio não tem prazo para terminar, segundo o presidente da associação. O movimento ainda deve ser reforçado com a participação da classe médica e de integrantes dos Comitês Cívicos das cidades de Puerto Quijarro e Puerto Suárez.

A ação prejudicou inúmeras pessoas que tiveram as viagens interrompidas. Além do Brasil, também foram bloqueadas as fronteiras com Peru, Chile e Argentina.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions