ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Mulher de detetive é arrastada para matagal e assassinada

Vítima foi até o local depois de receber ligação de mulher que se disse interessada no serviço do marido

Por Clayton Neves e Helio de Freitas, de Dourados | 19/06/2021 21:34
Mulher foi encontrada morta horas depois em um matagal. (Foto: Adilson Domingos)
Mulher foi encontrada morta horas depois em um matagal. (Foto: Adilson Domingos)

Mulher de um detetive particular de Dourados, Zuleide Lourdes, de 57 anos, foi executada com um tiro na cabeça em um matagal no Bairro Esplanada, em Dourados. Ela estava com uma criança e foi até o local para atender chamado de alguém que se disse interessado no serviço do marido.

Informações repassadas à polícia são de que, por volta das 15 horas, a mulher chegou na frente da casa da suposta cliente, quando foi surpreendida por dois homens, um deles armados com uma pistola. Enquanto um dos criminosos segurou a criança, o outro arrastou Zuleide para o matagal.

A mulher foi morta com um tiro na cabeça, na altura do ouvido. Após o crime, os suspeitos deixaram a criança em um container próximo ao local e fugiram levando o carro da vítima, um Montana que ainda não foi localizado.

A família havia comunicado o desaparecimento à polícia. O corpo da vítima foi encontrado horas depois, já na parte da noite.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário