ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  03    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Mulher é ameaçada de morte por ex-marido após perder bebê durante agressões

Homem persegue a ex-companheira e até durante registro policial recebeu mensagens de ameaças

Por Ana Oshiro | 17/03/2021 08:33
Caso foi registrado na delegacia da Polícia Civil de Sidrolândia (Foto: Arquivo)
Caso foi registrado na delegacia da Polícia Civil de Sidrolândia (Foto: Arquivo)

Mulher, de 20 anos, denunciou o ex-marido, de 25, à polícia após receber diversas ameaças de morte por terminar o relacionamento com o homem. Mesmo durante o registro do boletim de ocorrência ela recebeu mensagens de texto com ameaça à vida dela e de familiares caso não reatasse a relação.

De acordo com a mulher, o ex-companheiro é usuário de cocaína e consome álcool de maneira exagerada. Durante todo o relacionamento, que durou cerca de um ano, o homem sempre agredia a vítima, que chegou a perder um bebê, no oitavo mês de gestação, por conta das agressão que sofria.

Nesta terça-feira (16) o homem voltou a perseguir e ameaçar a ex, desta vez ele chegou a apontar um revólver calibre 22 na cabeça da mulher e disse: "vamos para minha casa agora, se não vou te matar". A vítima disse que não se importava em morrer, mas que não iria reatar o relacionamento. Diante da negativa, o homem a agrediu com socos e foi embora.

A mulher, que já tem medida protetiva contra o ex-companheiro, registrou o boletim de ocorrência e demonstrou interesse em representar criminalmente contra o homem. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Sidrolândia, a 71 km da Capital.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário