ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 21º

Interior

Mulher é presa por usar adolescentes para distribuir drogas pela região

Moradora de Dourados tinha tabletes de maconha em casa; marido está preso

Por Helio de Freitas, de Dourados | 25/11/2020 08:32
Mulher presa por distribuir droga em casa chega à sede do SIG (Foto: Divulgação)
Mulher presa por distribuir droga em casa chega à sede do SIG (Foto: Divulgação)

Mulher que usava adolescentes para vender drogas foi presa nesta terça-feira (24) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Esposa de traficante preso na PED (Penitenciária Estadual de Dourados), ela tinha tabletes de maconha escondidos no quarto.

A mulher de 31 anos de idade, que não teve o nome divulgado, foi presa por agentes do SIG (Setor de Investigações Gerais), da Polícia Civil, na casa onde mora, no residencial Dioclécio Artuzi, região sul da cidade. Segundo a polícia, ela fornecia maconha vendida em vários outros bairros de Dourados.

A polícia chegou até ela após a Guarda Municipal apreender, na manhã de ontem, um adolescente com tabletes de maconha na mochila. As investigações apontaram que a fornecedora estaria convidando jovens, principalmente com idade inferior a 18 anos, para distribuir a droga.

Os agentes do SIG chegaram até a moradora do Dioclécio Artuzi. Questionada sobre a distribuição da droga, ela inicialmente negou, mas depois confessou que havia maconha em casa. Entretanto, alegou que apenas guardava a droga para outra pessoa.

A mulher alegou que há 15 dias um desconhecido foi até sua casa e deixou cerca de 200 tabletes de maconha. Desde então, segundo a versão dela, várias pessoas passaram a ir ao local para retirar a droga.

Ela disse não saber quanto ganharia para guardar a droga, já que uma pessoa, atualmente presa em Campo Grande, iria entrar em contato e repassar o valor. No quarto da casa os policiais encontraram vários tabletes de maconha escondidos por colchas.

Levada para a delegacia, ela foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e corrupção do adolescente apreendido pela Guarda. O SIG pediu a prisão preventiva dela. Em liberdade, segundo a polícia, ela continuará a atrair menores para o tráfico, pois eles são os preferidos para a entrega do entorpecente.

Tabletes de maconha encontrados no quarto (Foto: Divulgação)
Tabletes de maconha encontrados no quarto (Foto: Divulgação)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário