A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Junho de 2017

13/01/2014 17:21

Mulher suspeita de enterrar bebê em casa passará por exame de corpo de delito

Bruno Chaves

Uma mulher de 38 anos, que não teve a identidade revelada pela Polícia Civil e é suspeita de enterrar o próprio bebê recém-nascido no quintal de casa, passará por exames de corpo de delito. O caso ocorreu em Bela Vista, a 322 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a assessoria de imprensa da polícia, o caso veio à tona no dia 4 de janeiro deste ano. A suspeita foi internada no Hospital São Vicente de Paula aparentando ter sofrido um aborto.

Dois dias depois, um boletim de ocorrência foi registrado como homicídio doloso com destruição, subtração ou ocultação de cadáver e o caso passou a ser investigado pela delegada Kellen Laura Baltha da Silva.

O setor de comunicação da Polícia Civil informou que a delegada instaurou inquérito para apurar os fatos e pediu exames de corpo de delito, tanto na mulher quanto no feto. Ainda não é possível afirmar o sexo do bebê e nem quantos meses ele tinha.

Suspeita – Funcionários do hospital procuraram a polícia depois que a mulher de 38 anos foi internada na instituição aparentando ter sofrido um aborto.

A delegada se reuniu com o Conselho Tutelar da cidade e foi à casa da suspeita, que seria agente de saúde.

No quintal da residência, próximo a parede, um feto foi encontrado enterrado. O corpo estava envolto em um pano cor de rosa.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions