ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Pecuarista é multado em R$ 57 mil após satélites apontarem desmatamento

o total, cerca de 56,7 hectares da propriedade rural foram desmatados; fazendeira deve apresentar plano de recuperação da área

Por Liniker Ribeiro | 22/07/2018 13:36
Área desmatada ilegalmente em propriedade rural de Ponta Porã (Foto: PMA/Divulgação)
Área desmatada ilegalmente em propriedade rural de Ponta Porã (Foto: PMA/Divulgação)

Um pecuarista de 40 anos foi autuado e multado em R$ 57 mil após equipes da PMA (Polícia Militar Ambiental) flagrarem desmatamento ilegal em mais de 50 hectares de uma propriedade rural do município de Ponta Porã - a 323 quilômetros da Capital. A ação ilegal foi descoberta com ajuda de imagens registrados por satélites.

De acordo com informações da PMA, o flagrante aconteceu em uma propriedade rural na região da cabeceira do rio Apa. Os policias utilizaram um GPS para fazer o registro da área de mata nativa desmatada, que apontou 56,7 hectares destruídos, no total.

Ainda segundo os militares, o proprietário da fazenda reside no município de Maracaju. Imagens de satélites indicam que o desmatamento já vinha acontecendo há um tempo. No local havia o plantio de lavoura e a madeira produto da vegetação desmatada não estava mais na propriedade.

As atividades no local foram interditadas. O pecuarista foi autuado administrativamente e multado. Ele responderá por crime ambiental, com pena prevista de três a seis meses de prisão, e deverá apresentar um Plano de Recuperação da Área Degrada e Alterada junto ao órgão ambiental estadual.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário