ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  25    CAMPO GRANDE 34º

Interior

PM assassinado levou um tiro na nuca, diz polícia

A única testemunha é vizinho do sítio de Jonas, localizado no Assentamento Aldeia 2, em Bataguassu

Por Lucia Morel | 25/07/2021 09:03
Arma que pertencia à vítima foi encontrada no local do crime. (Foto: Jornal da Nova)
Arma que pertencia à vítima foi encontrada no local do crime. (Foto: Jornal da Nova)

Militar aposentado encontrado morto na noite de ontem em sítio em Bataguassu, Jonas Rufino da Silva, 54 anos, levou um tiro na nuca, segundo a Polícia Civil do município. A suspeita continua sendo de crime de latrocínio e segundo as informações preliminares, o crime foi cometido de surpresa, sem chance de defesa da vítima.

A única testemunha é vizinho do sítio de Jonas, localizado no Assentamento Aldeia 2. Informações do Jornal da Nova, que acompanha o caso, é de que a testemunha esteve com Jonas pela manhã, quando ambos fizeram um serviço em um lote nas proximidades. Eles haviam combinado de continuar os trabalhos em outro lote depois do meio-dia. O ex-policial era morador de Nova Andradina.

No entanto, ao voltar ao local à tarde, não encontrou a caminhonete da vítima e então, voltou para casa. Por volta das 20 horas, esposa de Jonas ligou para o vizinho, preocupada com o marido, que não tinha voltado para casa e não atendia ligações. A testemunha voltou ao sítio e encontrou Jonas morto.

Na noite de ontem, polícia esteve no sítio da vítima, onde foi encontrada morta. (Foto: Jornal da Nova)
Na noite de ontem, polícia esteve no sítio da vítima, onde foi encontrada morta. (Foto: Jornal da Nova)

Além da caminhonete S-10 prata que foi levada do local do crime, o celular de Jonas também foi subtraído. Ainda no sítio, os policiais encontraram uma bolsa com um revólver Taurus calibre 357, com munições do mesmo calibre e de 38, que seriam da vítima. O documento de registro estava junto.

A Polícia Civil de Bataguassu emitiu alerta geral para as forças de segurança tanto da região quanto da fronteira, para possível localização da caminhonete.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário