A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Março de 2017

16/09/2015 12:22

Polícia ainda procura por assassino que amarrou e degolou casal em sítio

Luana Rodrigues
Crime chocou o assentamento onde o casal residia (Foto: Fernando Antunes)Crime chocou o assentamento onde o casal residia (Foto: Fernando Antunes)

A polícia ainda procura pelo suspeito de ter matado um casal, encontrados degolados na tarde desta terça-feira(15) em sítio no assentamento Vale Verde, em Jaraguari, a 44 quilômetros de Campo Grande. O médico aposentado Abner Rodrigues da Silva, 74 anos e a esposa, Irene Barbosa Soares, 52, também estavam amarrados, em quartos separados.

Na manhã de hoje, o delegado Antenor Batista da Silva Júnior, estava em diligências pelo município, na tentativa de encontrar o autor do crime. Investigadores da Polícia Civil, e a Polícia Militar também estão envolvidos no caso.

Suspeitas - Um pedreiro, que teria brigado com o médico por causa de dinheiro está sendo investigado pela Polícia. “Ela quase foi decapitada. Essa pessoa era conhecida das vítimas, porque não tem marcas de carro e eles receberam a pessoa em casa, pois não há sinais de arrombamento”, revelou o delegado.

Antenor encontrou um bilhete na casa com a frase “para encontrar escória foi fácil”, por isso acredita que é quase nula a possibilidade latrocínio e pode ter sido vingança ou crime passional. Além disso, o carro está no local e a casa não tem sinais de arrombamento.

O assassinado pode ter ocorrido no fim de semana, pois no sábado de manhã, o casal foi visto na cidade. O delegado revelou ainda que o crime parece ter sido cometido por apenas uma pessoa e há marcas de pisadas na casa de alguém que estava descalço. Só a cozinha da residência foi revirada.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions