A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

18/10/2016 13:48

Polícia apreende dinamite, 700 munições e fuzil em operação

Guilherme Henri
Munições, armas e explosivos apreendidos em operação (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)Munições, armas e explosivos apreendidos em operação (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

Sharlon Alves Garcia, 41 anos foi preso na manhã de ontem (17) com dois quilos de dinamite, pelo menos 700 munições de diversos calibres e três armas de fogo. A prisão foi realizada pela Polícia Civil por meio do SIG (Setor de Investigações Gerais) durante a operação “Shark” deflagrada na zona rural de Paranaíba – a 422 quilômetros da Capital.

O objetivo da operação foi o de apreender armas e munições, além de objetos furtados em ranchos e na área rural do município e região.

Segundo a Polícia Civil, a prisão de Sharlon foi apenas parte das investigações que tiveram início há três meses, município. Além do armamento, também foram apreendidos objetos de procedência duvidosa como dois motores de e petrechos de pesca.

Apreensão foi realizada na manhã de ontem na zona rural de Paranaíba (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)Apreensão foi realizada na manhã de ontem na zona rural de Paranaíba (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

Investigadores do SIG revelaram que o explosivo apreendido é muito utilizado por bandidos em ações contra bancos e que a quantidade é mais do que suficiente para explodir vários caixas eletrônicos.

Das três armas apreendidas, estão uma garrucha, um revólver e um fuzil. Os Investigadores destacam que o fuzil apreendido tem a capacidade de atingir com precisão um alvo localizado a 2.000 metros de distância e pode perfurar coletes a prova de balas e veículos blindados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions