A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 26 de Março de 2017

07/10/2014 10:13

Polícia diz que parente está entre os estupradores de menina de 9 anos

Helio de Freitas, de Dourados

A criança indígena de 9 anos de idade que está internada em estado grave no Hospital Universitário de Dourados, foi estuprada por sete homens durante uma festa que acontecia na aldeia Bororó, na madrugada de ontem. Segundo a investigação da Polícia Civil, a menina estava na festa junto com outras pessoas, incluindo o grupo que a violentou. Entre os violentadores estava um parente da menina.

Foi divulgada a identidade de dois dos três que foram presos e autuados em flagrante pelo crime – Junior Alves Duarte, 19 anos, e Fábio de Souza Irala, 21. O terceiro é menor de idade (tem 14 anos). Os maiores estão no 1º Distrito Policial e o menor foi levado para a Unei (Unidade Educacional de Internação). Com ajuda da Força Nacional e de lideranças da reserva, a polícia continua à procura dos outros quatro acusados de participação no crime.

Conforme a Delegacia de Atendimento à Mulher, a menina teria sido arrastada pelo grupo até uma casa em construção, onde foi estuprada pelos sete homens e abandonada. Ela foi encontrada pela mãe, que chamou um agente de saúde da aldeia e depois levada para o HU, onde continua internada e seu estado de saúde é considerado gravíssimo.

Esse foi o 11º caso de estupro registrado na reserva de Dourados de janeiro até agora. Em julho deste ano, Michele Gonçalves Montanha, de 14 anos, foi estuprada e assassinada por quatro adolescentes e um homem de 28 anos, todos índios. O corpo foi encontrado em uma plantação de milho, na aldeia Bororó. Os acusados foram presos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions