ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 23º

Interior

Polícia preparou flagrante em pedófilo durante 17 dias

Thiago de Souza | 02/07/2015 22:58
José Raimundo (O Zé da Manga) foi preso no fim da manhã desta quinta (2). Foto: Rafael Brites\Sidro News
José Raimundo (O Zé da Manga) foi preso no fim da manhã desta quinta (2). Foto: Rafael Brites\Sidro News

A Polícia Civil de Sidrolândia, a 60 quilômetros de Campo Grande, prendeu José Raimundo Nascimento, conhecido como Zé da Manga, por volta de meio dia desta quinta-feira (2). Ele é acusado de abusar sexualmente de uma adolescente de 12 anos, no distrito de Quebra Côco e no município de Sidrolândia.

Por mais de duas semanas os policiais arquitetaram a prisão em flagrante. Na manhã de hoje, o acusado telefonou para a menina, dizendo que estava com saudades. A vítima, orientada pela polícia e Conselho Tutelar, atendeu ao pedido e marcou encontro na saída da Escola Natália Moraes de Oliveira.

Assim que ela entrou no carro, ele começou a beijá-la, momento em que a polícia deu voz de prisão.
De acordo com a mãe da garota, que não terá o nome revelado, somente no dia 15 de junho a menina decidiu denunciar a violência, que acontecia há pelo menos dois anos.

Na ocasião, a vítima saía da escola quando foi forçada por Zé da Manga a entrar no carro dele para mais uma sessão de abuso, no trajeto entre Quebra Côco e Sidrolândia.

Ela conseguiu se desvencilhar e pediu socorro em uma casa próxima à escola. Pressionada pelas primas, ela contou a série de abusos que sofreu no dia anterior, que incluíram sexo oral e anal.

Antes desse episódio, a violência era restrita à masturbações e carícias pelo corpo da vítima. O acusado é pai do atual marido da mãe da vítima. A mãe da adolescente está chocada com os acontecimentos e diz que o homem agiu como “monstro e louco”.

Nos siga no Google Notícias