A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Setembro de 2019

07/11/2017 10:54

Prefeitura impõe corte de gastos e pode demitir até 180 comissionados

Ricardo Campos Jr.

Diante da queda na arrecadação, a Prefeitura de Ribas do Rio Pardo, a 103 quilômetros de Campo Grande, vai adotar várias medidas para cortar gastos, entre elas a demissão de comissionados. O poder público não estima quantas exonerações pretende fazer, mas pela cidade circula informação de que serão 186.

A secretária de administração, Roseli Codognatto, disse ao Campo Grande News que cada um dos titulares de pasta avaliou a situação de suas repartições e definiu quantos cortes poderia fazer. Como ela ainda não teve acesso aos números, não pode informar a quantia total de servidores afetados.

Em nota publicada em site oficial, a prefeitura esclarece que “as medidas são salutares nesse momento para equilibrar as contas públicas e garantir a continuidade dos serviços públicos”.

Todas as ações para reduzir as despesas constam em um decreto publicado no dia 30 de outubro. Ele reduz em 10% os subsídios do prefeito, vice e secretários municipais e diminui também em 20% a gratificação de função dos efetivos. O percentual de representação dos comissionados que continuarem nos cargos foi baixado para o máximo de 35%.

Além disso, estão suspensas as contratações temporárias, concessão de diárias e horas extras (exceto em serviços essenciais), bem como foi determinada a contenção de despesas com custeio da máquina administrativa, em pelo menos 20%, em todos os órgãos da administração municipal, devendo ainda, promover a renegociação dos contratos vigentes objetivando a redução em até 10%.

“Com tais medidas a Administração Municipal mantém o compromisso com a austeridade nas finanças públicas e fiel cumprimento aos preceitos legais, entre eles os previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal”, diz a nota assinada pelo prefeito Paulo César Lima Silveira.

De 79 municípios de MS, só 3 terão aumento nos repasses da União
Entre os 79 municípios de Estado, apenas três terão elevação no coeficiente de recebimento dos recursos constitucionais do FPM (Fundo de Participação...
Prefeituras de MS receberão R$ 4,03 milhões do rateio da repatriação
Os municípios de Mato Grosso do Sul vão receber R$ 4,03 milhões, relativos aos valores arrecadados com o programa de repatriação de recursos não decl...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions