A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 27 de Junho de 2019

23/05/2019 09:51

Preso há quatro anos por assalto, homem é flagrado com cocaína

Em regime aberto e usando tornozeleira, Silvano Nascimento foi preso hoje em Dourados em ação do SIG da Polícia Civil

Helio de Freitas, de Dourados
Silvano Nascimento é retirado de viatura após ser preso hoje em Dourados (Foto: Adilson Domingos)Silvano Nascimento é retirado de viatura após ser preso hoje em Dourados (Foto: Adilson Domingos)

Operação do SIG (Serviço de Investigações Gerais) com apoio de policiais militares na manhã desta quinta-feira (23) tirou de circulação um homem acusado de vender cocaína na periferia de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande.

Condenado por assalto em 2014, Silvano da Silva Nascimento, 29, estava em regime aberto, monitorado por tornozeleira eletrônica. Ele foi preso em casa na Vila Cachoeirinha, região sul da cidade.

De acordo com o delegado Rodolfo Daltro, do SIG, a prisão ocorreu durante cumprimento de mandado de busca na casa de Silvano, suspeito de arquitetar roubos em Dourados. Na residência, localizada na Rua Eulália Pires, os policiais apreenderam um tablete com um quilo de cocaína com altíssimo grau de pureza, segundo o delegado.

Dono de extensa ficha criminal, Silvano também estava com papelotes de pasta-base de cocaína, uma pistola de airsoft idêntica a uma pistola verdadeira e uma moto Honda Hornet. Na casa os policiais ainda encontraram um Celta, duas balanças de precisão, dois celulares e R$ 450 em dinheiro.

Assaltos – Silvano Nascimento tinha sido preso em 2014 após tentar assaltar uma mulher que chegava de uma agência bancária no centro de Dourados com R$ 15 mil na bolsa para fazer um depósito.

Uma equipe da Força Nacional passava pelo local no momento do assalto e saiu em perseguição a Silvano e o comparsa dele, Walter Martins Franco. Os assaltantes chegaram a atirar na direção dos policiais, mas foram alcançados e presos.

Em janeiro de 2017, ele voltou a ser acusado de roubo, dessa vez envolvendo outras oito pessoas, entre elas o antigo comparsa Walter Martins Franco, então recolhido na penitenciária de Dourados e que teria planejado o crime.

A quadrilha levou quase R$ 70 mil de uma comerciante que chegava a uma cooperativa de crédito no centro. O segurança da cooperativa também foi condenado, acusado de facilitar o assalto.

Condenado por emprestar a arma usada nesse crime a sete anos de prisão no dia 7 de agosto do ano passado, Silvano estava em liberdade e atualmente o processo encontra-se em grau de recurso. Ele negou o crime. Com a prisão de hoje, vai ser autuado em flagrante por tráfico.

Veja imagens da operação desta quinta-feira que prendeu traficante em Dourados:



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions