ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  12    CAMPO GRANDE 30º

Interior

Primeiro caso de covid em Anastácio foi descoberto após denúncia

Rapaz nasceu em Anastácio, mora no PR desde 2019 e pai foi buscá-lo; os dois eram aguardados pela Vigilância Sanitária

Por Silvia Frias | 26/05/2020 09:22
Cidade com 22,4 mil habitantes, Anastácio entrou no mapa da covid-19 em MS (Foto/Divulgação)
Cidade com 22,4 mil habitantes, Anastácio entrou no mapa da covid-19 em MS (Foto/Divulgação)

A descoberta de caso de infecção por covid-19 em Anastácio, 135 quilômetros de Campo Grande, foi possível após denúncia feita às autoridades sanitárias. O rapaz, de 28 anos, mora em Curitiba (PR) desde o ano passado e foi “interceptado” quando entrava no município sul-mato-grossense no sábado (23).

O rapaz é nascido em Anastácio, mas mudou-se para Curitiba no fim do ano passado, segundo a secretária Municipal de Saúde, Aline da Silva Cauneto. Desde quinta-feira (21) ele estava sendo esperado pela equipe da Vigilância Sanitária, que recebeu denúncia de que o pai dele, residente na cidade, foi buscá-lo no Paraná, justamente por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Os dois chegaram a Anastácio no sábado, em pleno horário de toque de recolher, vigente das 23h às 5h na cidade. Aline Cauneto explicou que o rapaz assinou termo de responsabilidade, se comprometendo a ficar em isolamento. Na segunda-feira (25) ele, o pai e o irmão foram submetidos ao teste rápido e o dele foi positivo para a doença.

Os outros dois permanecem também em isolamento como medida preventiva, já que ainda estão dentro do período passível de desenvolver sintomas e apresentarem quadro positivo para covid-19. A família permanece isolada e o rapaz de 28 anos, com teste positivo para doença, não tem qualquer comorbidade e está assintomático.

De acordo com a secretária, embora já estivesse morando em outro Estado desde o fim de 2019, o caso de infecção por covid-19 conta para Anastácio porque o cartão de SUS dele é do município e a testagem foi feita em Mato Grosso do Sul.

Este é o primeiro caso confirmando no município de 22,4 mil habitantes. A secretária disse que adotou medidas sanitárias como a instalação de barreiras sanitárias das 6h às 22h, toque de recolher e uso obrigatório de máscaras por toda a população, em qualquer ambiente. Qualquer denúncia pode ser feita às equipes de vigilância, unidades de saúde por meio do Disk-denúncia da cidade (67) 3245-0993.