ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  05    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Procuradoria, secretarias de Fazenda e de Saúde são alvos de buscas

Equipes do Gaeco estão em pelo menos cinco endereços nesta manhã em Dourados

Por Helio de Freitas, de Dourados | 15/07/2020 08:09
Policial caminha pelo Centro Administrativo Municipal, um dos alvos da operação (Adilson Domingos)
Policial caminha pelo Centro Administrativo Municipal, um dos alvos da operação (Adilson Domingos)

A operação desta quarta-feira (15) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, investiga suspeita de superfaturamento em compras feitas pela prefeitura. Os alvos são ocupantes de cargos de primeiro escalão, com função de ordenadores de despesas.

As equipes do Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado), do Ministério Público de Mato Grosso do Sul, estão em pelo menos cinco endereços.

No CAM (Centro Administrativo Municipal), na Rua Coronel Ponciano, os policiais e promotores do Gaeco fazem buscas na Secretaria de Fazenda e na Procuradoria-Geral do Município. Os servidores foram proibidos de ter acesso às salas e aguardam do lado de fora.

As equipe também estão na sede da Secretaria Municipal de Fazenda, que fica perto do CAM, na Coronel Ponciano.

Outras equipes fazem buscas na casa do procurador-geral Sérgio Henrique Pereira Martins, na Rua Joaquim Alves Taveira, no escritório de advocacia dele no centro, e na casa da ex-secretária de Saúde Berenice Machado de Souza, na Rua Major Capilé. Havia informação de que a casa do atual secretário de Fazenda, Carlos Dobes, cujo endereço não foi informado, também seria alvo, mas não há confirmação.

O Gaeco ainda não divulgou qualquer informação sobre a operação. As buscas seriam relacionadas à investigação do Ministério Público sobre suspeita de compras superfaturadas para enfrentar a pandemia do novo coronavírus.

Policiais no prédio onde funciona o escritório do procurador-geral do município (Foto: Sidnei Bronka/Ligado na Notícia)
Policiais no prédio onde funciona o escritório do procurador-geral do município (Foto: Sidnei Bronka/Ligado na Notícia)