ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 14º

Interior

Rapaz morre após ser esfaqueado por ex-namorada durante briga em bar

Vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu a caminho do hospítal; autora confessou e foi presa

Por Ana Paula Chuva | 03/03/2024 12:07
Equipe da Polícia Civil em frente ao local onde a vítima foi esfaqueada (Foto: Divulgação | PCMS)
Equipe da Polícia Civil em frente ao local onde a vítima foi esfaqueada (Foto: Divulgação | PCMS)

Elizabete da Silva de Souza, 22 anos, foi presa na madrugada deste domingo (3), após matar o ex-namorado Bruno Silva, 26 anos, esfaqueado. O crime aconteceu em um bar no Bairro Vila Rosa, em Iguatemi, cidade a 412 quilômetros de Campo Grande. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

Segundo boletim de ocorrência, equipe da PM (Polícia Militar) foi acionada por volta das 2h de hoje pelo Hospital Municipal da cidade e foi informada que Bruno chegou ao local morto com diversas perfurações no corpo. A Polícia Civil também foi chamada.

Após identificação da vítima, os policiais receberam a informação de que ele estava em um bar quando houve uma discussão e uma mulher teria esfaqueado Bruno. A equipe foi até o local que já estava fechado e deram início às diligências e Elizabete foi apontada como autora do crime.

Os policiais foram na casa da suspeita. Ao ser questionada sobre o crime, ela contou que estava no bar com quando Bruno passou a provocá-la. Ela então deu uma garrafada na cabeça do rapaz. Neste momento, o atual namorado de Elizabete entrou na briga e entrou em luta corporal com a vítima.

Elizabete foi até o carro de um amigo e pegou um punhal. Como os dois rapazes estavam trocando socos, ela aproveitou e desferiu vários golpes em Bruno. Em seguida, ela e o namorado voltaram para o veículo e foram embora.

A vítima foi socorrida e levada par ao hospital, mas chegou morta na unidade de saúde. Elizabete afirmou que perdeu o punhal usado no crime e que teve uma relação conflituosa com Bruno. De acordo com a jovem, ela tinha medidas protetivas por conta das agressões do rapaz.

Aos policiais, Elizabete afirmou ainda que Bruno havia saído há três dias da prisão e que ameaçou ela e as três filhas pequenas e morte, por isso, quando viu o rapaz no bar ficou com medo e decidiu matá-lo. Ela recebeu voz de prisão e foi levada para a delegacia da cidade onde o caso foi registrado como homicídio simples.

Manchas de sangue da vítima no chão do bar onde briga aconteceu (Foto: Divulgação | PCMS)
Manchas de sangue da vítima no chão do bar onde briga aconteceu (Foto: Divulgação | PCMS)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias