ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  18    CAMPO GRANDE 23º

Interior

Sem informar motivo, PM confirma prisão de três policiais

Campo Grande News apurou que policiais são suspeitos de desviar carga de droga

Por Helio de Freitas, de Dourados | 23/08/2021 12:47
Quartel da Polícia Militar, em Dourados; três PMs da cidade foram presos hoje. (Foto: Divulgação)
Quartel da Polícia Militar, em Dourados; três PMs da cidade foram presos hoje. (Foto: Divulgação)

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul confirmou a prisão de três policiais militares nesta segunda-feira (23), em Dourados, a 233 km de Campo Grande.

A informação foi divulgada em primeira mão pelo Campo Grande News. Os presos são Deyvison Hoffmeister, Robson Valandro e o terceiro, até agora identificado apenas como Vladimir.

Em nota oficial enviada pela assessoria de comunicação, o comando da PM informou que as prisões ocorreram durante a “Operação Evidentia”, deflagrada pela Corregedoria da corporação.

Com o apoio dos batalhões de Choque e de Operações Policiais Especiais, as equipes da Corregedoria cumpriram três mandados de prisão preventiva e quatro mandados de busca e apreensão.

Expedidos pelo Juízo da Auditoria Militar Estadual, os mandados fazem parte de investigação “com foco em desvios de condutas praticadas por policiais militares, lotados em Dourados”, afirma a nota.

A Polícia Militar não informou os nomes, nem o motivo das prisões, mas a reportagem apurou que os policiais, integrantes da Força Tática, são suspeitos de desviar carga de droga apreendida pela própria PM. A operação contou com a participação de 24 policiais militares. Os presos já foram levados para Campo Grande.

Na semana passada, o cabo da Polícia Militar, Elton da Silva Moura, 36, foi executado a tiros por pistoleiros quando estava na casa do amigo, Herberte Gonçalves Mareco, 36, no Jardim Vista Alegre, em Dourados.

Condenado por extorquir cigarreiros em 2017, Moura chegou a integrar o efetivo do DOF (Departamento de Operações de Fronteira). Mareco, o amigo, ficou ferido no atentado. Ele cumpre pena por tráfico de drogas em liberdade, monitorado por tornozeleira.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário