A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

24/05/2016 14:20

Servidora do MPE é acusada de tráfico de drogas e fraude em contratos

Renata Volpe Haddad
Viatura do Gaeco em frente ao prédio do MPE em Bela Vista. (Foto: João Carlos Velazquez)Viatura do Gaeco em frente ao prédio do MPE em Bela Vista. (Foto: João Carlos Velazquez)

Uma servidora da Promotoria da Justiça do MPE (Ministério Público Estadual) de Bela Vista, distante 322 km de Campo Grande, foi afastada da função na manhã desta terça-feira (23) acusada de fazer parte de uma organização criminosa que fraudava contratos de seguro e traficava drogas para São Paulo.

Durante a Operação Casa Limpa, o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) braço do MPE, chegou até a servidora após investigações apontarem que uma organização criminosa contrabandeava veículos para o outro lado da fronteira. Além disso, eram feitos registros falsos de boletim de ocorrência policial de roubo, tudo com o intuito de fraudar contratos de seguro.

A mulher que não teve o nome divulgado foi imediatamente afastada das funções por decisão da Procuradoria-Geral de Justiça. A servidora, além de responder criminalmente pelos crimes mencionados, responderá a procedimento administrativo disciplinar, cuja pena aplicável à espécie é a perda do cargo.

Operação - As investigações revelaram que a organização criminosa concentrava suas atividades na região de fronteira, Bela Vista e Caracol, de onde enviavam entorpecentes para as cidades de São Paulo, Bonito, Bataguassu e Campo Grande, além de abastecer o mercado local e crimes contra o patrimônio, especialmente aquele conhecido popularmente como "golpe do seguro".

A ação do Gaeco se concentra nas cidades de Bela Vista e Caracol, além de, também, efetuar a prisão de membro da organização criminosa localizado em São Paulo.

No total foram cumpridos, com êxito, três mandados de busca e apreensão, dois mandados de prisão preventiva e dois mandados de prisão temporária.

A Operação Casa Limpa conta com o apoio da Polícia Civil de Bela Vista.

Gaeco realiza operação em município na fronteira com o Paraguai
O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) realiza operação nesta manhã, em Bela Vista  - distante 322 km de Campo Grande. O ...
Ação pede a transferência de presos detidos na delegacia de Bonito
O MPE (Ministério Público Estadual) ingressou com ação civil pública pedindo à Justiça que determine a transferência imediata de todos os presos prov...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions