A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Janeiro de 2020

14/01/2020 08:33

Traficante é presa por torturar e manter casal em cárcere por dívida de droga

O casal foi agredido com golpes de facão, ferro, fio, madeira e foice durante cárcere na casa dos suspeitos

Viviane Oliveira

Grauciene Mariana de Assis, 36 anos, foi presa em flagrante sob suspeita de torturar e manter em cárcere privado um casal por dívida de droga. O caso foi registrado na tarde de ontem (13), em Cassilândia, distante 418 quilômetros de Campo Grande.

Conforme boletim de ocorrência, a vítima de 54 anos e o marido de 40 anos são dependentes de crack e no último domingo (12) foram até a boca de fumo de Grauciene, localiza na Rua Juvenal Resende Silva, por volta das 23h de domingo (12), para fazer uso da droga. O casal mora em São Pedro, distrito de Inocência e estava apenas de passagem pelo município.

A vítima relatou ainda que os dois pagaram R$ 500 para os donos da casa e ficaram no local usando o entorpecente durante toda a madrugada. No entanto, em determinado momento, o dinheiro acabou e a dona da boca de fumo e o seu marido, Roberto Cecchin Castilho Júnior, 32 anos, mantiveram o casal em cárcere privado. Eles tomaram o cartão de débito da mulher, fizeram compra no valor de mais R$ 500 para quitar a dívida.

Após acabar o dinheiro da conta, os autores passaram a agredir o casal com golpes de facão, ferro, fio, madeira e foice. Os suspeitos alegavam que ainda faltava dinheiro e que se não pagassem iriam morrer e ser enterrados no “buracão”. O homem conseguiu fugir, mas a mulher continuou em poder dos traficantes. Ela só escapou quando era levada para outra residência e no meio do caminho encontrou uma viatura da Polícia Militar. Ainda não há informação se o outro suspeito, Roberto, foi localizado. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Cassilândia.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions