A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

13/10/2018 18:36

Vendedor de picolé é preso suspeito de estuprar menino de 2 anos

O caso ocorreu na tarde deste sábado (13), em frente a casa no bairro Nova Corumbá

Guilherme Henri

Vendedor de picolé de 25 anos – que não teve o nome divulgado – foi preso por ser suspeito de estuprar de menino de 2 anos. O caso ocorreu na tarde deste sábado (13), em frente a casa no bairro Nova Corumbá, em Corumbá – a 419 quilômetros da Capital. Moradores chegaram a tentar linchar o suspeito antes da chegada da Polícia Militar.

Segundo o jornal Diário Corumbaense, o suspeito vendia picolés e parou em frente à casa da vítima para fazer uma venda. A mãe entrou na residência para pegar dinheiro e deixou o menino na frente da casa. Neste momento o vendedor teria aproveitado para cometer o abuso.

Porém, quando a mulher saiu de casa, flagrou o vendedor colocando o pênis dentro da calça. A criança, então, apontou para o órgão genital quando viu a mãe.

A mulher gritou por socorro e o suspeito fugiu. A Polícia Militar foi acionada e iniciou buscas. Pouco tempo depois, pelo 190, moradores informaram a localização do vendedor. Ele estava sem o carrinho de picolés, no cruzamento das ruas Cyríaco de Toledo e Paraíba, no bairro Nova Corumbá.

Revoltadas, alguns moradores tentaram linchá-lo, ação impedida pela PM que o prendeu. Na delegacia, ele negou o estupro.

A mãe levou o menino para o pronto-socorro para atendimento médico e depois foi ao Distrito Policial registrar a ocorrência.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions