A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

20/10/2016 19:33

Vereadores gastam mais de R$ 1 milhão com viagens, e auditoria questiona

Anny Malagolini

A Câmara Municipal de de Costa Rica – município localizado a 310 quilômetros de Campo Grande -, passará por auditoria do Ministério Público de Contas de Mato Grosso do Sul, por supostas irregularidades na concessão de diárias pagas aos vereadores da cidade. Em dois anos, as viagens custaram R$ 1,2 milhão aos cofres públicos.

As informações colhidas demostraram o que os vereadores apropriaram-se das diárias como uma forma de integrar o salário do cargo, e o gasto indevido com a verba pública já seria “habitual”. O Ministério Público de Contas salientou que em alguns casos, os valores recebidos com as diárias, até superaram o valor do salário do vereador.

As justificativas apresentadas pelos vereadores, segundo o Ministério público, “não guardam sintonia com as funções de legislar e fiscalizar do Poder Legislativo”. A investigação foi aprovada pelos Conselheiros do TCE (Tribunal de Contas do Estado) por unanimidade.

A instauração do procedimento de auditoria, para apurar os atos praticados pelos vereadores e apuração de responsabilidade nominal dos agentes públicos envolvidos, qualificando-os e quantificando o valor recebido de forma ilegítima e em prejuízo ao tesouro municipal.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions