A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

17/02/2018 10:02

Interventor militar no RJ já atuou no Comando Militar do Oeste

A passagem por Mato Grosso do Sul foi em 2009, quando era general de brigada

Aline dos Santos
General Braga Netto vai comandar  segurança no Rio de Janeiro  até 31 de dezembro.(Foto: Reprodução/NBR)General Braga Netto vai comandar segurança no Rio de Janeiro até 31 de dezembro.(Foto: Reprodução/NBR)

Anunciado na sexta-feira (dia 16) como interventor federal na área de segurança no Rio de Janeiro, o general Walter Souza Braga Netto foi chefe do Estado-Maior do CMO (Comando Militar do Oeste), com sede em Campo Grande.

A passagem por Mato Grosso do Sul foi em 2009, quando era general de brigada. Em 8 de dezembro daquele ano, ele assumiu o cargo de chefe do Estado-Maior.

Com a intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro, as Forças Armadas assumem o comando das polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros e a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária.

O general Braga Netto vai comandar a segurança até 31 de dezembro deste ano. A intervenção militar, decretada pelo presidente Michel Temer (MDB), é a primeira desde a Constituição de 1988. Apesar de já estar em vigor, a medida terá que passar pelo Congresso Nacional.

Comandante do Comando Militar do Leste, Braga Netto tem 60 anos e é natural de Belo Horizonte (MG). Ao longo de sua carreira comandou o 1º Regimento de Carros de Combate e foi chefe do Estado-Maior da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada e do Comando Militar do Oeste.

Durante os Jogos Rio 2016, atuou como coordenador-Geral da Assessoria Especial para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions