A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/03/2009 16:55

Jovem diz ter matado outro para "limpar" o bairro

Redação

Cleuilson Florêncio de Mores Ojeda, 20 anos, confessou ter matado Alex Rodrigues de Freitas, 19 anos, como se fizesse uma "limpeza" no Bairro Morada Verde, onde Freitas é acusado de praticar furtos para comprar drogas. Ojeda está preso por receptação e foi indiciado pelo homicídio ocorrido em 17 de abril de 2008, na Rua Xororó.

Policiais do 2º DP (Distrito Policial) chegaram a Ojeda ao localizar a motocicleta usada no dia do crime. Ao ser questionado, ele confessou e disse que Freitas, entre outros furtos, havia invadido a casa da namorada dele.

Familiares da vítima confirmaram à Polícia que o rapaz era usuário de entorpecentes e praticava furtos para sustentar o vício. Após o indiciamento, Ojeda permaneceu no Presídio de Trânsito, onde cumpre pena por receptação de uma moto roubada.

Segundo a Polícia, Ojeda também confessa envolvimento com o assassinato de Leandro Rodrigues da Cunha. Ele afirma que pilotava a motocicleta usada pelo autor dos tiros que resultaram na morte de Cunha.

Em julho do ano passado, Cunha conseguiu escapar de um atentado. Na ocasião, o autor dos disparos invadiu uma casa e deixou um casaco com documento de identificação.

A partir do documento, Ojeda foi apontado como responsável pelo atentado. Dois meses depois, Cunha foi morto. A Polícia tenta identificar o outro envolvido no caso.

Justiça do Trabalho faz acordos de R$ 6,5 milhões no Estado
A Justiça do Trabalho teve 355 acordos que somaram R$ 6.512.934,87 durante a Semana da Conciliação em Mato Grosso do Sul. Na iniciativa, realizada en...
Ministério da Saúde suspende incentivos da atenção básica em MS
O Ministério da Saúde suspendeu, nesta sexta-feira (15), repasse extra à atenção básica para sete municípios de Mato Grosso do Sul. Isso porque eles ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions