A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

03/03/2011 18:46

Judiciário pode prorrogar redução do expediente em MS

Nadyenka Castro

Presidente do TJ disse que horário ainda está em estudo

Desembargador disse que meio expediente pode ir além do dia 10 de março. (Foto: João Garrigó)Desembargador disse que meio expediente pode ir além do dia 10 de março. (Foto: João Garrigó)

O presidente do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), desembargador Luís Carlos Santini, declarou nesta quinta-feira que o meio expediente no Poder Judiciário do Estado, que conforme a última resolução terminaria no próximo dia 10, pode ser prorrogado.

Em entrevista ao Campo Grande News após a solenidade de posse do novo diretor do Fórum de Campo Grande, o desembargador explicou que a adoção do novo horário foi necessária para reduzir gastos com pessoal.

Segundo ele, o TJ/MS estava gastando 5,71% do orçamento com pessoal, sendo que a Lei de Responsabilidade Fiscal permite 6%. Como estava próximo do limite foi necessária a medida.

Conforme Santini, com o atual expediente dos trabalhadores o gasto com pessoal reduziu para 5,62% da receita total.

O desembargador declarou que o expediente apenas vespertino foi adotado após estudos que continuam sendo feitos. “Temos que continuar estudando como que vamos atender a população sem aumentar a despesa”. “Talvez até prorrogamos mais”, disse.

Horário- Desde o fim de setembro do ano passado o Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul funciona das 12h às 19. Antes, era das 8h às 18h.

A resolução alterando o expediente tinha validade de seis meses, portanto até dia 28 de fevereiro. Contudo, a edição do dia 25 de fevereiro do Diário da Justiça trouxe a prorrogação para 10 de março, determinada pelo Conselho Superior de Magistratura.



Esse horário de atendimento poderia até funcionar se os servidores trabalhassem e o Tribunal não decretasse tantos feriados.
Nos 2 últimos meses foram decretados 2 feriados: 1 pela morte de 1 desembargador aposentado e outro pela morte da Sra. Conselheira do Tribunal de Contas (sic!).
Também ocorre o seguinte: apesar do expediente iniciar as 12h00 os servidores começar a chegar para o trabalho após as 13h00, tomam seus cafés, põem as conversas em dias e assim por diante....
A MOROSIDADE CONTINUA!
 
ricardo rodrigues em 04/03/2011 08:42:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions