A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

24/10/2013 14:55

Juiz manda Governo pagar R$ 50 mil a mulher agredida por policiais

Mariana Lopes

O juiz Silvio Cézar Prado, da 3ª Vara de Fazenda Pública e Registros Públicos de Campo Grande, condenou o Estado a pagar indenização de R$ 50 mil a uma mulher agredida por policiais militares. A agressão ocorreu durante o Carnaval de 2005.

Ela contou que estava voltando do desfile carnavalesco no dia 9 de fevereiro de 2005, quando foi alvo de uma batida policial. A mulher, que não teve o nome divulgado pelo Poder Judiciário, contou que foi humilhada e espancada pelos policiais. O caso teve repercussão na imprensa e na televisão.

A mulher pediu indenização de R$ 300 mil pela agressão e humilhação. O Governo estadual alegou que não há mais prazo legal para a autora realizar o pedido de indenização por danos morais. E acrescentou que houve exagero no valor.

O juiz avaliou que a vítima provou que foi vítima de agressões policiais, em público, por um excesso de autoridade, ou seja, foi agredida por policial que deveria protegê-la. Assim, o magistrado observou que, além da agressão, houve uma lesão moral, sendo cabível a indenização.

O pedido de danos morais foi julgado procedente pelo juiz, pois “a reação psíquica de profunda amargura e vergonha, que lhe acarreta sofrimento e lhe afeta a dignidade, é inquestionável, e não precisava ser relatada nos autos para que o Estado alcançasse qualquer tipo de retidão nos autos”.



Mario Angelo Ajala, não sei o motivo que demonstrou tanta raiva pela decisão judicial. Esta decisão foi justa, o que aconteceu com essa mulher, não deveria acontecer com ninguém. Ela não era bandida e houve excesso em demasia, sem respeitá-la e com muita covardia. Bandido é bandido e deve ser tratado como tal. Mas nesse caso, a mulher não era bandida, e sim trabalhadora e decente. Poderia ser sua filha, sua esposa, ou você acha que estamos imunes desses distratos, violência e abusos praticados por policiais militares? Você assim como todos os policiais tem a obrigação de realmente só prender e levar pra Delegacia, comecem logo fazendo isso, e todos virão como a truculência, o abuso de autoridade vai acabar. As ruas tá cheia de bandidos e esses a polícia não que prender, não que enfrenta.
 
marcio pereira da silva em 28/10/2013 21:07:24
É minha Senhora é uma pena que pense assim, pois nossa mãe e pai são Humanos e não somos filho de animais, só que tem muito bons filho dentro de casa que quando sai ai demostra o animal que ele é, pois para a sua familia ele sempre será um bom moço,só acho que a Policia tem que realmente só prender e levar para a Delegacia, e ai vem os Senhores donos da Lei e solta esse mesmo que acha que nos Policias somos truculentos e violentos, nossa como é facil falar e tomar decisão depois do fato passado venha e toma a decisão na hora, mais fiquem tranquilo eu sou Policial que luto e continuarei lutando pelo bem estar da sociedade nem que isso eu tenha pagar o preço pois vandalos (a) e bandidos(a) tem que ser tratados como animais conte comigo quanto precisar.
 
Mario Angelo Ajala em 25/10/2013 09:59:43
Será que esses policiais sofreram alguma punição pela violência praticada? Ou simplesmente o Governo vai usar o dinheiro do contribuinte para indenizá-la?
 
Maria Glória Souza de Deus em 25/10/2013 08:58:20
Só esclarecendo ao Sr. JESSEI TOLEDO: A função das polícias, seja elas civil, militar ou federal, não é a de bater ou espancar o cidadão. A nobre função das polícias é a de protegê-los.
Ocorre, em muitos casos, que um ou outro mal policial abusa da autoridade que lhe é imputada e tenta resolver o problema à moda antiga. O Sr. tendo um filho adolescente deve se recordar que há 20, 30 anos, os jovens respeitavam as polícias. Atualmente, além de não respeitarem, debocham, insultam, provocam. E como eu disse, um ou outro abusa da autoridade.
Mas diferentemente da vida comum, os próprios policiais extirpam esse tipo de "profissional" da corporação. Coisa que não é comum na vida cotidiana, quando a sociedade não EXTIRPA maus políticos, ou quando não damos a devida correção aos erros dos filhos.
 
Jair Bastos em 25/10/2013 08:42:42
Tem que descontar do policial que transgrediu, só assim o agente público pensará duas vezes antes de abusar de sua autoridade. O Estado (povo) ficar no prejuízo é muito fácil, será R$ de impostos que deveria se reverter à população.
 
Eva Gomes em 24/10/2013 18:52:32
Lamentável este fato ocorrido em 2005!! Justa e Perfeita esta sentença prolata pela Justiça Estadual. Porém fica a minha dúvida, neste caso foi causado um prejuízo para o nosso Estado! Quem pagará seremos nós. A nossa legislação vigente permite que o Estado cobre destes policiais agressores o ressarcimento deste valor e assim eu o espero!!! E outra qual punição tiveram estes policiais!!!! COM A PALAVRA NOSSA PROCURADORIA GERAL DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL!!!! Caso não entrem entrarei contra os representantes que assim o deveriam por prevaricação e improbidade administrativa!!!! Vai dai....
 
Erasmo de Rottrerdam.'. em 24/10/2013 18:19:27
Ainda bem que hoje a policia está diferente, gente nova, esclarecida, educada, é outra cultura, o povo está adquirindo confiança pois sabe que aqui a policia muitas vezes carentes de material ,é capacitada e trabalha, crime nenhum fica sem solução , está de parabéns.
 
Suzi da Costa em 24/10/2013 16:33:58
isso tem que acabar, ta cheio de policiais safados, que acham que só porque tem uma farda, e uma arma pode sair batendo, pondo medo e espancando pessoas nas ruas. isso é uma vergonha, fere os Direitos Humanos, o trabalho deles é só prender e deixar que a justiça faça seu trabalho.dias atrás meu filho e um amigo vinha de uma festa de aniversário, e uns policias tipo estes ai, bateram neles até dizer chega, e pediam drogas, e gritavam com eles, até que viram que não havia drogas com eles, os deixaram em paz. mas, todos machucados. Mas nós,fomos e registramos queixa contra estes policiais que dentre eles havia uma policial mulher, que também era policial, e, era a mais valente segundo os meninos contaram. Fico pensando será que essas pessoas são filhos de chocadeira, não tem sentimentos?
 
JESSEI TOLEDO em 24/10/2013 16:25:25
violência policial
 
Claudio Ayres em 24/10/2013 15:49:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions