A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

26/01/2010 15:23

Júri condena a 16 anos 3º acusado pela morte de Morel

Redação

O terceiro acusado pelo assassinato de João Morel, ocorrido em 21 de janeiro de 2001 dentro da Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande, Marcos Rogério de Lima, o Rogerinho, foi condenado a 16 anos de prisão em regime fechado.

O júri popular, presidido pelo juiz Carlos Alberto Garcete, o condenou por homicídio doloso, com os agravantes de motivo torpe, utilização de meio cruel e ter impossibilitado a defesa da vítima.

O quarto acusado, Mauro Sérgio de Oliveira, o Maurinho, teve o julgamento antecipado de 9 de fevereiro para esta quinta-feira, 28 de janeiro, às 8h, em Campo Grande. Eles foram julgados após vários adiamentos. Uma das causas foram os assassinatos das testemunhas do crime: cinco pessoas foram mortas nos últimos nove anos.

Julgamentos

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions