A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

24/09/2009 06:50

Júri desclassifica homem que feriu colega a machadadas

Redação

Em julgamento realizado na terça-feira (22), os jurados desclassificaram para lesão corporal leve o caso do homem que feriu a machadadas um colega de serviço, em 12 de dezembro de 2005, em Campo Grande.

Conforme sentença do juiz Carlos Alberto Garcete, da 1ª Vara do Tribunal do Júri, os jurados entenderam que o crime foi lesão corporal leve.

Jefferson Nunes, 32 anos, feriu a machadadas José Antonio Tavares dos Santos. Na época do crime, José Antônio disse à Polícia que estava dormindo quando Jefferson o acordou com um golpe de machado nas costas.

Em seguida, Jefferson deu outra machadada em José Antônio, dessa vez na cabeça. A vítima conseguiu desarmar o autor e foi socorrida pelo patrão para atendimento médico.

Dez meses depois, Jefferson, que é conhecido como "Paraguai", foi atingido por tiros no pescoço e rosto, disparados pelo próprio irmão, na frente dos pais.

Jefferson só foi preso em 25 de fevereiro do ano seguinte, depois ter tentado matar com golpes de enxada um outro homem. O crime teve a participação do irmão dele, o mesmo que o havia tentado matar meses antes.

Pouco tempo após ter sido preso, o réu foi solto e, em julho do mesmo ano, apontado como autor de ameaça.

Em maio do ano passado foi preso em flagrante por receptação, saiu da prisão; oito dias depois foi apontado como autor de violência doméstica e foi preso novamente.

Em março deste ano fugiu da casa do albergado, sendo recapturado 14 dias depois.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions