A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/03/2009 09:03

Liminar permite médico saber quem denunciou abuso

Redação

O médico Roger Abdelmassih, 65 anos, denunciado por 61 mulheres, por abuso sexual, conseguiu liminar suspendendo seu depoimento, marcado para hoje, em São Paulo. Com a liminar, ele poderá ter acesso integral aos autos e nomes das supostas vítimas.

Dentre as mulheres que disseram ter sido vítimas de abuso está a empresária sul-mato-grossense Ivanilde Vieira Serebrenic, de 44 anos. Elas alegam que percebiam os abusos quando voltavam da sedação.

O médico sustenta que as mulheres podem ter sofrido alucinações provocadas por um anestésico usado durante o tratamento, chamado Propofol.

Por decisão da ministra Ellen Gracie, do Supremo Tribunal Federal, o depoimento marcado para hoje foi suspenso.

Os advogados do médico argumentaram ofensa à Súmula Vinculante 14, que garante aos advogados amplo acesso às provas e indícios documentados em procedimento de investigação.

O urologista Roger Abdelmassih é um dos pioneiros em fertilização in vitro do País e seu centro de reprodução considerado um dos mais modernos da América Latina.

Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions