A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

05/09/2011 07:38

Maioria aprova prestação de serviço ao invés de internação de adolescente infrator

Edmir Conceição

A enquete dessa semana vai buscar a opinião dos leitores sobre a maioridade penal.

A maioria dos leitores que participaram da enquete do Campo Grande News sobre responsabilização de adolescentes infratores aprova a posição do promotor da Infância e Adolescência, Sérgio Harfouche, de aplicação de penas educativas, ao invés de internar em ‘presídios’ para menores, as chamadas Unidades Educativas de Internação (UNEIs).

Diante a pergunta se adolescentes que cometem crimes pela 1ª vez devem ser punidos com prestação de serviços à comunidade ao invés de serem internados em UNEI, 72,21% responderam que sim, o trabalho comunitário seria a punição mais apropriada.

Outros 27,79 responderam que a internação deve ser a pena aos menores que praticam algum crime, mesmo que pela primeira vez. Participaram da enquete 5.170 internautas.

Nova enquete - A enquete dessa semana vai buscar a opinião dos leitores sobre um tema que sempre volta à discussão – a maioridade penal.

No Brasil, a pessoa só é considerada imputável, ou seja, capaz de responder pelos próprios atos, aos 18 anos. Somente a par3tir dos 18 é que o cidadão pode, por exemplo, obter a CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

A única concessão aos 16 é o direito ao voto. A pergunta da enquete é: Você é a favor da redução da maioridade penal de 18 anos para 16 anos?



Para melhorar a sociedade terá que existir medidas preventivas contra o crime e a melhor prevenção é a educação, mas educação não é só ir a escola e pronto. Educação começa em casa, teriamos que ter escolas com periodo integral, incluindo cursos profissionalizantes p/ o ensino fundamental, que se a criança ou adolecente permanecesse periodo integral c/ atividades na escola e durante a noite e finais de semana em companhia da familia não teria tempo ocioso p/ praticar delitos. Mas para que haja essa integração tería q
 
porfiriuo vilela em 05/09/2011 11:54:51
Primeiramente deve-se investir na EDUCAÇÃO, assim não teremos tantos infratores, não haverá tantos acidentes de trânsito, não teremos uma população tão estressada e desmotivada. Em SEGUNDO plano, fica a tentativa de recuperação dos infratores atuais, é interessante que sejam PUNIDOS, é isso mesmo punidos, tem que haver punições mais severas, em vez de quererem abrandar as penas, esse negócio de prestação de serviço, que prestação é essa? esses " de menores" prestam serviço do que
 
Silva Souza em 05/09/2011 08:53:36
Com certeza os leitores optaram por prestação de serviços comunitarios para os crimes menos graves, pois grande parte dos adolescentes esta `caindo` por cometerem crimes graves como homicidio ,trafico de drogas (apesar que muitos doutores da lei acham esse crime menos grave), sequestro , latrocinio entre outros. Sou contra a diminuição da maioridade penal, mas sou a favor de penas mais duras .
 
george conrado em 05/09/2011 08:03:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions