A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/04/2010 08:37

Médico punido some e posto de saúde fica sem clínico

Redação

Depois de punido publicamente pelo Conselho Regional de Medicina, acusado de atos libidinosos contra paciente, o médico Wilson Roberto Cardoso Farias desapareceu do Posto de Saúde do bairro Mata do Jacinto.

Pela manhã, os pacientes que madrugaram em busca de senhas para Clínica Geral, perderam a viagem. Quem foi ao posto recebeu a informação de que não haveria o atendimento nesta quarta-feira.

No total, são distribuídas 20 senhas ao dia, além de 12 consultas agendadas previamente, para pacientes dos programas de Hipertensão e Diabetes.

Como o médico Wilson Farias não apareceu para o trabalho hoje, a equipe de enfermagem atendeu apenas aos pacientes especiais, medindo a pressão arterial e distribuindo medicamentos.

Segundo atendentes da unidade, o médico apenas avisou que apresentará atestado, mas não informou por quanto tempo ficará fora.

O médico deveria cumprir 40 horas semanais de trabalho, de manhã e à tarde, de segunda a sexta. Ele foi transferido da unidade básica de saúde da família do Paulo Coelho Machado.

Segundo a direção do posto de saúde, ontem, Wilson Farias trabalhou apenas das 13h às 16h. No entanto, o Campo Grande News esteve por 3 vezes no local na terça-feira

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions