A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

06/10/2009 08:10

Mil crianças ficam sem aula com bloqueio dos índios

Redação

Mais de mil alunos estão sem aulas hoje no município de Aquidauana devido ao bloqueio promovido pelos índios na BR-262. Ao todo, sete escolas estão fechadas.

Ninguém consegue entrar e nem sair das aldeias, localizadas na região do distrito de Taunay, distante 55 quilômetros de Aquidauana.

A manifestação dos terena não permite a entrada dos professores, que diariamente se deslocam da cidade para ensinar nas aldeias e no distrito.

A suspensão das aulas atingiu as escolas Feliciano Pio (aldeia Ipegue), General Rondon (aldeia Bananal), Francisco Farias (aldeia Água Branca), Marcolino Lili (aldeia Lagoinha) e Visconde de Taunay (Distrito de Taunay).

O movimento atinge também o funcionamento das escolas estaduais indígenas Pastor Reginaldo Miguel (aldeia Lagoinha) e Professor Domingos Veríssimo Marcos (aldeia Bananal).

Os indígenas protestam pela demarcação de terras em Mato Grosso do Sul.

O administrador interino da Funai, Joãozinho da Silva, foi para a BR 163, onde também há bloqueio. Mais de 300 índios estão no local desde às 4h de hoje.

Conforme a Polícia Militar, os indígenas estão concentrados na saída para Cuiabá, próximo ao antigo posto fiscal, em Campo Grande.

Eles saíram de Sidrolândia em dois ônibus, e os passageiros de um dos veículos permaneceram em protesto em frente à sede da Funai.

A outra parte do grupo se dirigiu à rodovia onde bloquearam o trânsito nos dois sentidos. Com informações do site Anastácio Notícias.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions