A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/04/2011 08:11

Ministério antecipa liberação de R$ 16 mi para reforma de pontes em MS

Aline dos Santos
Ponte teve estrutura condenada após cheia do rio em Santa Rita do Pardo. Ponte teve estrutura condenada após cheia do rio em Santa Rita do Pardo.

O Ministério da Integração Nacional antecipou a liberação de parte dos R$ 30 milhões que serão utilizados na recuperação de 37 pontes danificadas pela chuva em Mato Grosso do Sul.

Portaria publicada hoje no Diário Oficial da União liberou R$ 16,5 milhões. Conforme o ministério, o repasse tem em vista a urgência na execução das ações.

“O passo seguinte é a emissão da ordem bancária, que deve acontecer na próxima semana”, afirma o coordenador da Defesa Civil Estadual, Ociel Orti.

Conforme o site de notícias do governo do Estado, serão reconstruídos aproximadamente 1.700 metros de pontes.

A destruição de ao menos quatro pontes causou o isolamento de comunidades: a ponte sobre o rio Aquidauana (MS-450), próximo ao Distrito de Piraputanga; a ponte sobre o rio Barreiro (MS-483) na região de Paranaíba; a ponte sobre o rio Coxim ( MS-142) em Coxim; e a ponte sobre o córrego Alegria (MS-423), também em Coxim.

Entre as estruturas danificadas, há pontes de pequena extensão, como 10 metros, até grandes travessias, como a ponte de 108 metros sobre o Rio Pardo.

O governo federal há havia liberado R$ 5 milhões para a recuperação das estradas. O dinheiro levou quase um mês para chegar ao Estado.

O Ministério da Integração Nacional reconheceu situação de emergência em 22 municípios do Estado: Aquidauana, Campo Grande, Miranda, Nova Alvorada do Sul, Ribas do Rio Pardo, Rio Verde, Rochedo, Terenos, Bandeirantes, Chapadão do Sul, Maracaju, São Gabriel do Oeste, Coxim, Nioaque, Paranaíba, Santa Rita do Pardo, Anastácio, Dois Irmãos do Buriti, Ivinhema, Corguinho, Sidrolândia e Alcinópolis.

Conforme o coordenador da Defesa Civil, os municípios poderão receber R$ 5 milhões. “Seria em torno de R$ 200 mil para cada um”. Ele explica que o recurso corresponde ao fim dos R$ 700 milhões, liberados por Medida Provisória, para atender a tragédia causada pela chuva na região serrana do Rio de Janeiro e prejuízos em Minas Gerais e Santa Catarina.

“Existe a possibilidade ser publicada uma nova Medida Provisória, no valor de R$ 700 milhões, e o ministério vai liberar mais recursos para os municípios” , afirma.

O governo do Estado ainda aguarda que o governo federal reconheça a situação de emergência no Pantanal, na região de Corumbá.

Veja lista de pontes que receberão obras:

 Ministério antecipa liberação de R$ 16 mi para reforma de pontes em MS


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions