A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

21/08/2017 18:05

Ministro da Educação anuncia recurso de R$ 34 milhões para obra em Dourados

Montante será aplicado na primeira etapa da construção do Instituto da Mulher

Osvaldo Júnior e Helio de Freitas
Governador Reinaldo Azambuja ao lado do ministro da Educação, Mendonça Filho, em Dourados (Foto: Helio de Freitas)Governador Reinaldo Azambuja ao lado do ministro da Educação, Mendonça Filho, em Dourados (Foto: Helio de Freitas)

O ministro da Educação, Mendonça Filho, afirmou, na tarde desta segunda-feira (21), em Dourados, que estão assegurados R$ 34 milhões para custear a primeira etapa das obras do Instituto da Mulher e da Criança no município. O investimento total é de R$ 51 milhões. O ministro cumpre agenda em Mato Grosso do Sul desde a manhã de hoje.

“Temos alocado recurso para bancar um terço da obra”, disse o ministro, em referência à construção do instituto. “Ao longo da execução orçamentária, a gente garante que a obra será concluída”, acrescentou, sem precisar detalhes sobre o desembolso restante. Disse, ainda, que o cronograma será cumprido. “Mas eu não tenho o cronograma exato não tenho aqui”, alegou.

Quanto às obras paradas de institutos e universidades federais, o ministro afirmou que não será possível executá-las “ao mesmo tempo na mesma velocidade”. Ele disse que havia, em todo o País, 700 obras dessa natureza paralisadas, com valor que superava R$ 4 bilhões. Devido a esse volume, algumas serão priorizadas, segundo justificou Mendonça Filho.

Fies – O ministro também comentou, em Dourados, sobre o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). De acordo com ele, em 2018, o governo federal vai disponibilizar 100 mil vagas em universidades com recursos do fundo para atender pessoas com renda familiar de até três salários mínimos. Para esse tipo de crédito, o juro do financiamento será zero.

Na visita a Dourados, o ministro foi recebido com protesto contra a terceirização de trabalhadores. A manifestação foi feita por servidores do Hospital Universitários. Ele também foi cobrado pela reitora da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), Liane Calarge, quanto a liberação de 40% dos recursos da instituição que foram contingenciados.

Mendonça Filho foi acompanhado, em sua agenda em Dourados, pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e os senadores Pedro Chaves (PSC) e Simone Tebet (PMDB) e os deputados federais Geraldo Resende (PMDB) e Tereza Cristina (PSB) e a prefeita do município, Délia Razuk (PR).

Na Capital – Pela manhã, o ministro esteve em Campo Grande no evento FNDE em Ação. Na ocasião, ele anunciou a liberação de R$ 162,6 milhões para a educação de todo o País. Do total de recursos, R$ 143 milhões serão destinados a obras e R$ 19,5 milhões a materiais e ao transporte escolar.

Para o Mato Grosso do Sul, serão destinados R$ 1,9 milhão para obras e R$ 3,1 milhões para transporte escolar. “A liberação nessa etapa obedece aquilo que foi executado em termos de obras por parte dos municípios do estado”, disse o ministro.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions