A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

27/12/2008 12:11

Moradores sofrem com prejuízos causados por alagamento

Redação

O cenário na Vila Cidade Morena, em Campo Grande, é de ruas enlameadas, casas reviradas, móveis erguidos e prejuízos ainda não contabilizados. Alguns moradores passaram a noite toda limpando suas casas, e para alguns o trabalho seguiu por toda a manhã.

A empregada doméstica Ivoneide Bernardo da Silva, de 36 anos, diz que ainda não tem idéia do prejuízo. Ela não estava em casa na hora da chuva e nenhum de seus móveis foi erguido. Entre os eletrodomésticos estragados está a geladeira, que ainda tem nove parcelas a serem pagas.

Ivoneide mora na mesma casa há 11 anos e diz que é a terceira vez que perde tudo. "A gente não podia estar passando por isso", afirma, indignada com a situação.

A residência mais tomada pela água foi a da cabeleireira Elizângela da Silva Ferreira, de 32 anos. Ela mora na casa com o marido e os dois filhos há apenas dois meses e estima um prejuízo de R$ 25 mil.

Os bombeiros tiveram que drenar a enxurrada da casa de Elizângela. Depois que a água baixou, restaram lama e prejuízos. Foram danificados desde móveis, como o guarda-roupas, até impressora e teclado de computador. As roupas que estavam limpas e passadas nos armários ficaram enlameadas. Ela conta que estava vestindo a única bermuda que restou.

O servente Stefani Zandona Dias, de 20 anos, mora há sete meses em uma das casas alagadas. Ele conta que até sua motocicleta teve que ser suspensa, porque estava entrando água no carburador. De prejuízos materiais ele teve somente a geladeira estragada. Mas, não faltou trabalho na hora de tirar a lama de casa. "Até faltei o serviço para ajudar os meninos a limpar", diz ele.

A dona-de-casa Nilza Chimate da Silva, de 50 anos, afirma que esta é a terceira vez que ela perde o guarda-roupas por conta de alagamento na região. Segundo ela, nas casas vizinhas houve prejuízo de várias formas, desde mantimentos que ficaram boiando na enxurrada, até móveis. "Aqui foi feio o prejuízo. Eu não perdi mais porque eu ergui tudo".

Além das perdas materiais, o alagamento trouxe problemas inusitados, como o aparecimento de cobras nas casas. Os relatos de moradores é que mataram pelo menos cinco delas, incluindo uma Jaracussu.

Por pouco

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions