A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

16/12/2008 07:00

Mortes no trânsito da Capital cresceram 57% em novembro

Redação

O trânsito de Campo Grande foi bem mais violento em novembro deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado, segundo mostram as estatísticas do Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

Onze pessoas morreram, considerando apenas os óbitos nos locais de acidente, ao passo em que em novembro de 2007 foram sete óbitos. O salto é de 57%.

No comparativo com outubro, que também foi um mês de trânsito violento, o número de mortes foi o mesmo.

Além do aumento no número de mortes, mais pessoas ficaram feridas. Foram 579 contra 575 em novembro do ano anterior.

As principais vítimas continuam sendo os motociclistas. Das pessoas que morreram no trânsito da Capital no mês passado, cinco estavam em motos, três pedestres, dois passageiros e um condutor. Cinco das vítimas eram mulheres e seis homens. Dentre os feridos, os motociclistas também são a maioria: 291.

Os condutores habilitados há cinco anos ou mais, são 48% dos envolvidos em acidentes. Estão na faixa entre 30 e 59 anos 47% dos condutores e outros 38% são jovens de 18 a 29 anos.

Em novembro ocorreram 20 acidentes envolvendo pessoas de até 20 anos na condução de veículos.

Neste ano 80 pessoas já morreram em acidentes na Capital, sem considerar as vítimas que faleceram no hospital. Este número é 5% maior que o registrado de janeiro a novembro do ano de 2007.

Dezembro - A vítima mais recente do trânsito violento da Capital foi Carlos Eduardo Duarte, de 26 anos, que morreu no sábado passado após colidir a moto CBR-1000 Honda Racing em uma camionete perto do Shopping Campo Grande.

No dia 12, Elias Bertolez Maior, de 30 anos, morreu no bairro Oliveira. Ele conduzia uma Honda Titan e bateu em um Corsa Classic e foi parar embaixo de um caminhão

No dia 4, Márcio Antônio de Freitas Dias, de 28 anos, também não resistiu aos ferimentos após acidente entre um ônibus e um

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions