A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/11/2015 13:45

Motorista com sinais de embriaguez bate em carro parado e capota

Thiago de Souza e Ricardo Campos Jr.
Condutor estava visivelmente embriagado e não foi identificado pela polícia. (Foto: Gerson Walber)Condutor estava visivelmente embriagado e não foi identificado pela polícia. (Foto: Gerson Walber)
SAMU foi acionado mas motorista recusou atendimento. (Foto: Gerson Walber)SAMU foi acionado mas motorista recusou atendimento. (Foto: Gerson Walber)

Um motorista, que ainda não foi identificado e em visível estado de embriaguez, bateu o Kia Sephia que dirigia em um Fiat Uno estacionado e capotou o veículo, por volta das 12h30 desta quarta-feira (4). O acidente aconteceu na Rua Vaz de Caminha, no Jardim Noroeste.

O carro ficou de cabeça pra baixo no meio da rua, impedindo o trânsito no local. Já o Fiat Uno estava estacionado corretamente e com o impacto da colisão subiu na calçada. O veículo teve a traseira danificada e um dos pneus estourados.

O motorista do Sephia não portava documentos e falava com dificuldades, por isso não foi identificado. Não houve feridos, mas o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, porém o motorista não permitiu que os socorristas fizessem o atendimento.

O condutor estava tão confuso, que tentou, por diversas vezes, desvirar o carro sozinho, mas não conseguiu.

O pedreiro Pedro Salustiano, 56 anos, é dono do carro atingido, e momentos antes da colisão tinha estacionado em frente a uma conveniência. Por pouco ele não foi atingido na batida. "O barulho foi muito grande, fiquei assustado, pois poderia ter atingido uma criança, um pedrestre ou um ciclista", desabafou Salustiano.

Carlos Duarte, 40 anos, é dono de uma borracharia que fica na rua do acidente. Ele contou que vários acidentes acontecem ali e que por conta de uma escola próxima, o fluxo de crianças na rua é muito grande.

O Batalhão da Polícia de Trânsito foi ao local, mas até o momento que o Campo Grande News esteve no local, não havia feito o teste do bafômetro. Os militares colocaram o condutor embriagado dentro da viatura. A polícia informou que ele será conduzido para uma delegacia da região.



Tem que prender, com ou sem bafometro, a policia tem que parar mais carros nas blitz, eles só param moto e o povo bebaço passa direto.
 
Max em 04/11/2015 15:29:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions