A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/12/2014 17:59

Motorista que atropelou idoso no Jardim Leblon se perde nas versões

Vania Galceran
Idoso foi sepultado no cemitério Memorial Park (Foto: Marcelo Calazans)Idoso foi sepultado no cemitério Memorial Park (Foto: Marcelo Calazans)

O condutor do veículo Fiat Palio, prata, placas HSE-4856, de Corumbá (MS), responsável pelo atropelamento fatal do barbeiro Sérgio Antônio da Silva, de 79 anos, na Rua Potiguaras, quase esquina com a Rua Tapés, no Jardim Leblon, região sudoeste de Campo Grande, se apresentou na tarde desta segunda-feira (8), na 6ª DP (Delegacia da Polícia Civil).

Ele não teve o nome divulgado e prestou esclarecimento do que teria ocorrido no fim da tarde de domingo (7). Segundo a delegada que cuida do caso, Cristiane Grossi, ele foi indiciado pelo crime de homicídio culposo, sem intenção de morte, na direção de veículo automotor.

Ainda de acordo com a delegada, como não havia pedido de mandado de prisão, ele veio até a delegacia se apresentou como o responsável pelo incidente e depois foi liberado. O rapaz relatou que sofreu um mal súbito, e que um dos braços não teria respondido aos estímulos e por conta disso perdeu o controle do veículo. Ele teria dito ainda, que voltava da casa de amigos após assistir uma partida de futebol”.

A delegada afirmou que já tem os nomes das testemunhas e que elas serão ouvidas ainda essa semana. Uma das vizinhas do aposentado morto no acidente disse ao Campo Grande News, que o rapaz no momento do atropelamento, antes de sair do local por medo de ser linchado pelos moradores, teria afirmado que a barra da direção do carro havia travado.

A perícia não encontrou nenhuma irregularidade no carro, essa hipótese está descartada. A delegada acrescenta que “ele pode ser indiciado por omissão de socorro, mas isso ainda está em fase de investigação”. Os laudos do carro e a causa da morte serão entregues à delegada nas próximas semanas.

O caso - O aposentado, Sérgio Antônio da Silva, 79 foi atropelado em frente à sua residência no final da tarde de domingo (07), no Jardim Leblon. O motorista do automóvel envolvido no acidente estava foragido. O idoso estava calçada da casa onde vivia na Rua Potiguaras, quando por volta das 17h foi atropelado por um veículo Fiat Pálio com placas de Corumbá.

Testemunhas afirmaram que o carro transitava pela via, quando se descontrolou, subiu na guia e invadiu a calçada, atingindo a vítima que não resistiu aos ferimentos e morreu. O motorista estacionou o Pálio a cerca de 150 metros do local e fugiu a pé. O filho do idoso morto é bombeiro e estava de plantão no dia do acidente, ele foi avisado e foi até o local. Carlos Silva disse que espera punições mais severas para pessoas que fujam do flagrante, principalmente porque os acidentes de trânsito em Campo Grande estão cada vez mais violentos, mesmo que se fale no assunto , exaustivamente todos os dias.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions