A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

28/01/2017 14:07

MPE encerra investigação sobre ex-secretária de Saúde e ex-diretor do HR

Promotoria concluiu que não há dados suficientes para continuidade e determinou o arquivamento do inquérito

Mayara Bueno

O MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul), por meio de 49º Promotoria de Justiça, resolveu arquivar a investigação contra a ex-secretária de Saúde, Beatriz Dobashi, e o ex-diretor do Hospital Regional, Ronaldo Pershes Queiroz, relacionados à Operação Sangue Frio.

Conforme a promoção de arquivamento, toda a “documentação carreada” não levantam dados suficientes para medida “mais gravosa” por parte do Ministério Público. Além disso, ambos não figuram em nenhuma ação judicial, a exemplo da que bloqueou bens dos requeridos no valor de R$ 51.382.369,78.

“Toda a documentação carreada pelos requeridos aos autos não levantam elementos aptos a propositura de medida mais gravosa por parte deste órgão de execução”, trazem os autos. O inquérito foi aberto em 21 de junho de 2016, para apurar ato de improbidade administrativa que teria sido praticada por Ronaldo, enquanto diretor do hospital, e Beatriz, secretária de Saúde de MS, na ocasião da deflagração da operação, em 2013.

A operação Sangue Frio, realizada em março daquele ano pela PF revelou desmonte da rede pública no tratamento do câncer para beneficiar o setor privado. Os alvos diretos da ação foram o Hospital do Câncer Alfredo Abrão e HU (Hospital Universitário).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions