A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

27/03/2013 12:22

Mulher é presa acusada de fornecer drogas para facção em cinco estados

Aline dos Santos

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado) prendeu Cintia Raquel Rivas Dias, que, a partir de Mato Grosso do Sul, abastecia o tráfico de drogas em cinco Estados: Mato Grosso, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná.

Ela foi presa em Ponta Porã durante operação do Ministério Público do Mato Grosso. A traficante é apontada como a principal responsável pelo abastecimento das quadrilhas que procuram a região de fronteira com o Paraguai para comprar e negociar entorpecente. Dentre os clientes, está a facção criminosa que surgiu nos presídios de São Paulo.

Ao todo, 14 pessoas foram presas. O grupo estava sendo monitorado desde janeiro de 2013. Neste período, foi apreendida uma tonelada de maconha com integrantes da quadrilha. A investigação começou em 19 de janeiro, com a apreensão de 366 quilos de maconha em Dourados. Sem saber que estava sendo monitorada pela polícia, parte do grupo saiu com a droga de Ponta Porã com destino ao interior de São Paulo, mas foi presa no trajeto.

A segunda ação frustrada foi em 14 de janeiro, em Rondonópolis (MT). Cleriel Miranda da Silva foi preso ao transportar 253 quilos de maconha num veículo. Ele disse que foi contratado para levar a droga de Coxim a Cuiabá.

Em 24 de março, três integrantes da quadrilha foram detidos em uma barreira policial na cidade de Rondonópolis. Eles saíram de Ponta Porã com 240 quilos de maconha. O destino final era Cuiabá.

Na ocasião, foi preso João Batista Vieira dos Santos, apontado como líder e financiador do PCC. Ainda no último domingo, outra parte do grupo foi detida quando transportava 253,4 quilos de maconha na BR-463, em Ponta Porã. A droga era levada para São Paulo, onde seria vendida.

Na operação do Gaeco, também foram presos os líderes Carlos Alberto Pereira e Marcio Marques Tomaz. Além dos traficantes Juliana Ribeiro de Paulo, Luanda Tavares Pacheco e Julio Noel Correa.

A lista de prisões ainda inclui Julio Cesar Baldoino Pinto (apoio financeiro); os “batedores” Leonel Lesmo, Adriano Alves de Souza, Antônio Aparecido Nascimento Santana; e os motoristas Ruan Feitosa Pereira, Cleriel Miranda da Silva e David Naves Alves.



Tem que a policia do mt mandar prender bandida no ms pq aí os policiais ficam batendo ponto na praça...
 
Matheus Duarte em 04/04/2013 23:47:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions